Atletas revelados pelo Pelci são direcionados para atuarem em clube de futebol amazonense

Jeová Vieira e Paulo Davi fazem parte do projeto Pelci no Campo do Cophasa e atuam na base do time Tabosão EC

Manaus- O sonho de ser jogador de futebol profissional é algo que passa na mente de várias crianças e jovens que praticam o esporte. Tornando realidade esse objetivo, os atletas Jeová Vieira e Paulo Davi, que fazem parte do Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), no Campo do Cophasa, zona oeste de Manaus, foram revelados e hoje atuam na base do time amazonense Tabosão Esporte Clube.

(FOTOS: Mauro Neto/Faar)

O projeto Pelci atende 35 núcleos na capital e seis polos no interior, com mais de 10 mil atletas atendidos, é considerado o maior projeto socioesportivo do Brasil. Em busca de novos talentos para o cenário esportivo, o projeto também realiza peneiras em busca de revelar jogadores em potencial para compor as categorias de base dos times amazonenses.

Com apenas 17 anos, o atleta, Paulo Davi, natural do município de Manacapuru, teve a oportunidade de jogar pela primeira vez no Campeonato Amazonense de base, o jogador afirma que essa experiência tem mudado sua vida.

“É uma alegria muito grande viver esse momento. Vim de Manacapuru para a capital, tudo pelo futebol, estou tendo uma oportunidade única e quero chegar longe, meu sonho é jogar no Palmeiras ao lado do goleiro Everton”, ressaltou Paulo Davi.

blank

(FOTOS: Mauro Neto/Faar)

Outro craque que está se destacando no cenário do futebol amazonense é o zagueiro Jeová Vieira de 15 anos. “Cheguei no Tabosão por meio do Pelci, participei da seletiva do clube e passei. Desde o primeiro campeonato, já me deixaram como titular do time, tenho muita vontade de jogar no Flamengo”, afirmou.

Anúncio