Atlético-MG e Fluminense vivem sucesso após chegada patrocínio da Betano

A Betano Brasil é uma casa de apostas que iniciou as suas operações no Brasil em 2020

São Paulo – Fluminense e Atlético-MG tiveram nas últimas duas temporadas desempenhos de empolgar e orgulhar qualquer torcedor. O Tricolor em 2022 fez a sua melhor campanha desde 2012, enquanto o Galo faturou o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil em 2021, dando fim às piadas sobre a falta de bicampeonatos em sua galeria. E o que esses dois clubes têm em comum nesse período? O patrocínio da Betano Brasil.

(Foto: Divulgação – Pixabay)

A Betano Brasil é uma casa de apostas que iniciou as suas operações no Brasil em 2020. Ela foi criada na Grécia, em 2013, com o nome de Stoiximan e a partir de então se expandiu, chegando também a Peru, Chile, Alemanha, Romênia e Chipre, sempre com 100% de confiabilidade.

Para tornar-se mais conhecida nesses países, a Betano se juntou a clubes de tradição no futebol, o esporte mais praticado e que acumula mais apostas ao redor do mundo, entre eles Benfica, Porto e Sporting em Portugal; Olympiacos e PAOK na Grécia; FCSB (antigo Steaua Bucaresti) e Craiova na Romênia; Lokomotiv Sofia na Bulgária; e Apollon Limassol FC, Omonoia FC, Pafos FC, Apoel FC no Chipre. Todos clubes com múltiplos títulos nacionais.

No Brasil, não poderia ser diferente. O primeiro acordo foi com o Atlético, com assinatura em janeiro de 2021, aquele que talvez foi o melhor ano da história do Galo. Sob o comando do ídolo Cuca, o time de Minas Gerais venceu o Campeonato Mineiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Dessa forma, o torcedor atleticano pôde comemorar várias conquistas e ainda derrubar duas provocações antigas dos rivais cruzeirenses. A primeira é ter igualado a chamada Tríplice Coroa da qual o Cruzeiro se vangloriava desde 2003, ano em que o lado azul de Belo Horizonte faturou justamente Mineiro, Brasileiro e copa. A outra, finalmente poder se dizer bicampeão, já que jamais havia conquistado mais de uma edição de um torneio nacional ou continental.

A parceria com a Betano ajudou o Atlético a formar um elenco estrelado, com craques do nível de Guilherme Arana, Nacho Fernández e Hulk. Com esses e outros jogadores, como Mariano, Junior Alonso, Allan e Zaracho, o Galo ainda esteve perto de voltar à final da Copa Libertadores, perdendo no detalhe para o Palmeiras.

E o Fluminense também tem seus motivos para festejar. Com a marca Betano Brasil estampada em seu uniforme a partir de junho de 2021, encerrou um período de três anos sem um patrocinador master. Nos primeiros seis meses de parceria, o clube foi até as quartas de final da Libertadores e da Copa do Brasil.

E em 2022 os resultados foram ainda melhores no cômputo geral, com o título carioca, o primeiro em dez anos, a chegada à semifinal da Copa do Brasil e a luta pelo vice-campeonato brasileiro. O dinizismo, sob a liderança técnica dos estrangeiros Jhon Arias e Gérman Cano, deixou a torcida tricolor empolgada para 2023.

As duas parcerias deixaram todas as partes envolvidas satisfeitas. Prova disso é que o Atlético renovou o patrocínio com a Betano Brasil até o fim de 2024, quando provavelmente já terá inaugurado sua casa nova, enquanto o Flu estendeu o acordo com a casa de apostas até junho de 2025.

Anúncio