Brasil estreia nesta madrugada no Mundial de Judô no Uzbequistão

As disputas terão transmissão ao vivo no site do Canal Olímpico do Brasil

Uzbequistão – O primeiro Mundial de Judô do ciclo olímpico para os Jogos de Paris começou nesta quarta-feira (5), em Tashkent, capital do Uzbequistão, com o sorteio das chaves. O Brasil estreia na madrugada desta quinta-feira (6), a partir das 2h30 (horário de Brasília), na fase classificatória da competição individual. Quem avançar luta por medalha a partir das 9h. As disputas terão transmissão ao vivo no site do Canal Olímpico do Brasil. Confira ao final do texto a programação completa.

Mundial de Judô no Uzbequistão (Foto: Confederação Brasileira de Judô (CBJ))

O Mundial reunirá 571 atletas de 82 países até 13 de outubro. Em jogo estão as maiores pontuações – ouro (2000 pontos), prata (1400) e bronze (1000) – que fazem toda a diferença no ranking, visando a classificação aos Jogos de Paris. A delegação brasileira conta com 19 atletas, entre eles estão a gaúcha Mayra Aguiar, bicampeã mundial e medalhista olímpica.

Quem está de volta à disputa é a carioca Rafaela Silva, ouro na Rio 2016, após cumprir dois anos de suspensão por doping. Rafaela coleciona ouro (2013), prata (2011) e bronze (2019) em mundiais. Quem chega em grande fase à competição é Beatriz Souza, atual número 3 do mundo na categoria acima dos 78 quilos. Paulista de Peruíbe, Bia faturou três medalhas nesta temporada: foi campeã foi campeã pan-americana individual e por equipes, prata no Grand Slam de Tel Aviv (Israel) e ouro no Aberto de Riccione (Itália).

No grupo masculino, destaque para o experiente judoca Rafael Silva, o Baby, com dois bronzes olímpicos, e também para outros dois representante do Brasil nos Jogos de Tóquio ano pasado: Rafael Buzacarini, Daniel Cargnin e Eric Tabatake (em setembro ele foi bronze no Aberto de Riccione).

O Brasil terá sete estreantes no Mundial, principal competição do circuito da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). Na equipe feminina, está Jéssica Lima (57kg) – campeã pan-americana e bronze no Grand Slam de Antalya (Turquia) –, Luana Carvalho (70kg) e Amanda Lima (48kg). No masculino, estão Allan Kuwabara (-60kg), Juscelino Nascimento (+100kg), Marcelo Gomes (-90kg) e Willian Lima (-66kg).

Anúncio