Manaus FC decide, neste sábado, contra o Caxias-RS uma vaga na Série C

Jogo será realizado às 15h, na Arena da Amazônia. Para garantir a classificação, o Gavião do Norte precisa de uma vitória por dois gols de diferença

Camisa 10, Rossini está confirmado para a partida deste sábado (20), na Arena da Amazônia (Foto: Raquel Miranda/GDC)

Manaus – Chegou a hora. O tão aguardado jogo que pode dar o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro entre Manaus FC e Caxias-RS será realizado neste sábado (20), às 15h, na Arena da Amazônia. Para garantir a classificação, o Gavião do Norte precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Se vencer por 1 a 0, a vaga no quadrangular final da Série D será decidida nos pênaltis.

A divisão de acesso foi criada em 2009 e, de lá pra cá, nenhum clube local conseguiu conquistar o tão sonhado acesso. Desde a sua criação, Nacional, Fast, Princesa e América disputaram a competição mas não obtiveram sucesso. Entretanto, para esse sábado, o Gavião do Norte entra em campo com chances reais de garantir a classificação. Nas quatro linhas, os donos da casa tem uma campanha de respeito: em 11 jogos, conquistou sete vitórias, dois empates e duas derrotas.

De quebra, o time manauara é o dono do melhor ataque — são 23 gols marcados até aqui, sendo sete longe de casa e 16 sofridos. Assim, a equipe chega para o ‘jogo do ano’ com o time inteiro. Sem ter um acesso em qualquer uma das divisões do futebol brasileiro desde 1999, os jogadores do Esmeraldino Manauara têm a noção exata do peso da partida e de toda a pressão que existe fora das quatro linhas. Apesar de todo o jejum que assola o futebol amazonense, o volante Panda admitiu que os atletas sabem o que representa a partida que pode dar novos rumos para o futebol local.

“Todos os jogadores se cobram muito. Sabemos exatamente onde estamos. Por onde eu passei, procurei marcar minha história. Não só eu, como o Rossini, Spice, Martony , Derlan e todo grupo. Sabemos que para conseguir isso, precisamos apenas de nossa própria força e vamos em busca da vitória”, disse o jogador, que participou de 17 jogos, dos 30 que o Manaus FC disputou na temporada.

Anúncio