Carateca amazonense fatura o tricampeonato nos Jogos Universitários Brasileiros 2022

Lutadores de wrestling também garantiram prata e bronzes para o Amazonas no estilo livre

Manaus – Medalhas de ouro, prata e bronze para o Amazonas no penúltimo de competição dos Jogos Universitários Brasileiros 2022 (JUBs). A carateca Anna Júlia Ximenes, que garantiu o tricampeonato, e os lutadores David Gomes, Eduardo Trovão e Elivaldo Pereira, do wrestling, foram os responsáveis pelas conquistas amazonenses desta sexta-feira (23).

Com apenas 22 anos, a estudante do 7° período de Educação Física, Anna Júlia Ximenes, conquistou pelo terceiro ano consecutivo o ouro nos JUBs. Para a carateca, a sensação de estar no mais alto lugar do pódio é de dever cumprido. “Não acreditava que sairia com medalha nesse ano, por estar um nível três vezes maior que o ano passado, então a sensação de conseguir mais uma vez é a melhor. Deus sempre luta comigo”, destacou a tricampeã universitária.

Disputando na categoria Sênior (-50kg), a atleta fez três lutas, vencendo as adversárias do Distrito Federal, Sergipe e, na final, a representante de Pernambuco, por um placar de 4 a 0.

Outro atleta que garantiu seu lugar no pódio na categoria 65kg, estilo livre, foi o estudante do 8° período de Educação Física da Uninorte, David Moreira. Para ele, a competição foi sinônimo de superação.

“A guerra foi grande para bater o peso, além dos imprevistos com treinos, mas graças a Deus fui lá e consegui uma medalha para o Amazonas. É sempre um prazer representar a minha instituição, onde sou bolsista de 100% no curso. Mesmo sem o ouro, a sensação é de dever cumprido”, destacou o vice-campeão.

O lutador, de 25 anos, enfrentou e venceu adversários da Bahia, Alagoas, Ceará e São Paulo. A final foi contra o Rio de Janeiro, onde o atleta conquistou a medalha de prata.

Dois bronzes também fazem parte do quadro de medalhas desta sexta-feira (23). O primeiro a garantir a 3ª colocação, na categoria 74kg, estilo livre, foi Elivaldo Feitosa, 21. O atleta, que é estudante do 8° período de Educação Física, venceu lutadores da Paraíba e São Paulo.

Depois de 10 meses parado, o atleta diz ter se alegrado com o resultado. “Não foi o esperado, já que ano passado fui campeão nessa categoria, porém estava parado há 10 meses. Essa foi minha primeira competição fora de Manaus, então estou muito feliz com meu resultado”, afirmou.

Bronze também para o lutador Eduardo Trovão, 18, na categoria 87 kg, estilo livre. Estudante de Direito, o atleta é estreante na competição e leva para casa o bronze e um ouro, conquistado na última quarta-feira (21), no estilo greco-romano.

Classificação – O handebol masculino de uma universidade da zona centro-sul deu show e garantiu o acesso à primeira divisão da modalidade, após vencer a equipe de Minas Gerais por 40 a 33. O time amazonense luta pela medalha de ouro e encara o Maranhão.

O handebol feminino da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) acabou sendo superado pela equipe de Minas Gerais, com o placar 17×47. O time amazonense enfrenta Alagoas na disputa do bronze da 2° divisão.

O voleibol feminino de uma universidade da zona centro-sul jogou com raça, mas não conseguiu vencer as adversárias paraenses, que venceram por 3 sets a 1. A equipe amazonense enfrenta o Espírito Santo, na disputa pelo bronze da 2ª divisão.

O voleibol masculino também sofreu revés contra São Paulo, por 3 sets a 0, com parciais de 25×19, 25×23 e 25×22. O time amazonense briga pelo bronze da 2ª divisão contra a equipe de Alagoas.

As disputas de todas as modalidades coletivas serão realizadas no sábado (24/09).

Anúncio