CBF muda fórmula de disputa da Série C e agrada Rede Globo

A partir deste ano, os 20 clubes serão divididos em dois grupos de dez, onde se enfrentarão em turno e returno e depois os quatro melhores de cada chave se classificarão para a fase de mata-mata.

Rio de Janeiro – A Confederação Brasileira de Futebol anunciou na última terça-feira a nova fórmula de disputa da Série C do Campeonato Brasileiro e agradou à TV Globo, que passará a transmitir o torneio por meio do Sportv.

Segundo matéria do jornalista Lucas Tieppo, do site UOL, a partir deste ano, os 20 clubes serão divididos em dois grupos de dez, onde se enfrentarão em turno e returno e depois os quatro melhores de cada chave se classificarão para a fase de mata-mata, sistema que agrada em cheio à emissora, que entende um torneio com fases eliminatórias como algo mais atrativo para o público.

A alteração feita pela entidade que comanda o futebol brasileiro foi o que motivou o canal esportivo a investir no torneio. Antes, os 20 times eram divididos em quatro grupos de cinco, o que fazia a Série C durar pouco mais de dois meses.

“Essa mudança torna o campeonato mais interessante para o público. Antes era um torneio insosso”, disse Marcelo Campos Pinto, diretor executivo de esportes da Globo.

“A CBF teve a ideia de mudar a fórmula e estudaram com a televisão e patrocinadores uma saída interessante. Considero uma fórmula mais coerente”, disse Mauro Guerra, diretor de futebol do Oeste, um dos times que disputarão a Série C deste ano.

Com o novo formato, o campeonato terá início no dia 27 de maio. O campeão será conhecido apenas no final de novembro e, com isso, cada equipe disputará, no mínimo, 18 partidas, sempre aos finais de semana. Os oito melhores disputarão as quartas de final, semifinais e final.

A negociação pelos direitos de transmissão da Série C, diferente do que ocorreu nas divisões superiores, foi feita com a CBF e não individualmente. A confederação ficará responsável pela divisão da verba para os clubes. O valor total, no entanto, não foi divulgado.

Além do dinheiro que ganharão por conta da televisão, os clubes terão um aporte financeiro da própria CBF, que bancará o deslocamento das equipes para até 25 pessoas na delegação, transporte, estadia, alimentação, além de todas as despesas relativas à arbitragem. De acordo com os clubes, o valor não será fixo, já que haverá variação nas distâncias percorridas.

O acréscimo financeiro, tanto da televisão quanto da ajuda de custo da CBF, foi comemorada pelos clubes. “Nós vemos essa mudança de uma forma bastante positiva, dará mais estabilidade aos clubes. Aumentará a visibilidade, o que ajudará a atrair novos patrocinadores”, disse Constantino Barbosa Junior, diretor de futebol do Santa Cruz.

“Foi um passo que já precisava ter sido dado há tempos. Será uma forma de investir mais na formação da equipe”, afirmou Sérgio do Prado, diretor de futebol do Santo André.

Confira os 20 times que disputarão a Série C de 2012: Santa Cruz-PE, Cuiabá-MT, Salgueiro-PE, Duque de Caxias-RJ, Macaé-RJ, Águia-PA, Chapecoense-SC, Guarany-CE, Icasa-CE, Tupi-MG, Madureira-RJ, Caxias-RS, Araguaína-TO, Paysandu-PA, Fortaleza-CE, Vila Nova-GO, Brasiliense-DF, Luverdense-MT, Oeste-SP, Santo André-SP

Anúncio