Filhos de ‘Gaúcho da Copa’ honram tradição do pai e fazem festa no Catar

O torcedor “Gaúcho da Copa” virou símbolo da Seleção brasileira nos últimos 20 anos

Catar – Frank e Gusttavo Damasceno, filhos de Clóvis Acosta Fernandes, o “Gaúcho da Copa”, Foi aos 49 do segundo tempo, mas o legado de Clóvis Acosta Fernandes, o “Gaúcho da Copa”, honraram a tradição do pai e fizeram a festa na Copa do Mundo no Catar. O torcedor “Gaúcho da Copa” virou símbolo da Seleção brasileira nos últimos 20 anos.

(Foto: Reprodução – Instagram @gauchosnacopa)

Frank e Gusttavo conseguiram apoio de seis empresas para a ida ao Qatar e estiveram presentes na vitória do Brasil diante da Suíça, por 1 a 0, na segunda-feira (28). O irmãos tiveram um problema na hora do embarque, mas encararam as treze horas de voo para continuar o legado do pai.

“Vocês acompanharam o que foi esse projeto para a Copa do Catar…por um erro de digitação o documento mais importante eu não consegui embarcar”, compartilhou Frank nas redes sociais, antes da festa na chegada!

O “Gaúcho da Copa” se tornou símbolo da Seleção e chegou a receber homenagens da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com camisa e placa. O torcedor chegou até a receber cartas da família real inglesa falando sobre a sua relação com o esporte e o amor pelo Brasil. Seu Clóvis morreu aos 60 anos, em 2015, vítima de um câncer.
Frank esteve em todas as Copas desde 1994. O irmão, Gusttavo, foi pela primeira vez em 1998 e esteve ininterruptamente em todas as edições do torneio desde 2010. De acordo com o UOL, Os irmãos se preparam para permanecer no Qatar até fim da competição em busca do hexa. Caso o Brasil avance até a decisão, a estadia no país será até 18 de dezembro, quando a disputa final será decidida às 12h (de Brasília), no estádio Lusail.

Anúncio