Crianças da zona leste visitam Arena da Amazônia pela primeira vez

Projeto social recrutou crianças e adolescentes para realizarem o sonho de conhecer a Arena da Amazônia, um presente antecipado do Dia das Crianças

Manaus – A Arena da Amazônia foi construída para a Copa do Mundo de 2014 e foi classificada como o palco mais bonito do Mundial de 2014. Entretanto, ao longo desses cinco anos de existência, muitos moradores da capital nem se quer conseguiram chegar perto do palco onde atuaram Neymar Jr, Marta, Balotelli e também, onde o técnico Tite fez sua estreia no comando da Seleção Brasileira.

As 140 crianças selecionadas para a ação entraram pela primeira vez na Arena da Amazônia (Foto: Leanderson Lima/Divulgação)

Sabendo disso, o projeto social Esporte Educacional e Sustentabilidade, reuniu cerca de 180 crianças e adolescentes do bairro Mauazinho, da zona leste de Manaus, para conhecerem a Arena da Amazônia, em alusão ao dia das crianças, como explica a coordenadora do projeto, Katiussia Souza.

“Elas participam do projeto praticando vários esportes e muitas delas estão vindo pela primeira vez em um estádio de futebol. Não só elas, mas muitos adultos que trabalham no projeto também não conheciam”, disse a coordenadora.

Katiussia contou que a idéia surgiu com a aproximação do Dia das Crianças, onde o projeto gostaria de proporcionar algo diferente, além das gincanas tradicionais, fazendo com que todo o corpo docente se envolvesse.

“A ideia surgiu com a empolgação dos professores, em poder ajudar essas crianças que vivem em um realidade completamente diferente da nossa a realizarem um sonho e mostrar que tudo é possível. Todos os professores procuraram ajudar dando opiniões sobre a logística e organização”, conta.

Amor à primeira vista

Pela primeira vez no mais belo palco da Copa do Mundo de 2014, Marília da Silva, 14, ficou impactada com a magnitude do local e contou que o projeto é um local onde consegue encontrar a paz. “Nós sabemos que é grande, pelas fotos, mas quando entramos supera qualquer expectativa. Fiquei apaixonada pela Arena. Eu me sinto honrada em poder chegar perto da grama, por onde já se passaram vários jogadores e jogadoras de renome. Espero um dia poder voltar para ver um jogo do Flamengo”, disse a jovem Rubro-Negra.

Crianças fazem parte do projeto social Esporte Educacional e Sustentabilidade (Foto: Leanderson Lima/Divulgação)

O projeto

Com o apoio da Petrobras, o projeto social Esporte Educacional e Sustentabilidade atende crianças e adolescentes do Jardim e Parque Mauá, Vila da Felicidade, além de Mauazinho 1 e 2, e oferece aulas esportivas como remo, Taekwondo e esportes coletivos, além de atendimento psicossocial.
Para quem quiser mais informações sobre o projeto, basta comparecerem na Escola Municipal Escritor Anísio Teixeira, na Rua 17 esquina com a Rua 21, nº 259, Jardim Mauá, no Mauazinho; ou na Escola Municipal Nova Vida, na Rua Jerusalem, 23, no Mauazinho. O atendimento é realizado  às terças e quintas, no turno matutino.