Deiveson bate peso e faz nova disputa neste sábado

Os quatro atletas responsáveis pelos dois principais combates do evento cumpriram suas obrigações com a balança, confirmando ambas disputas

São Paulo – Último evento numerado da entidade no ano, o UFC 256 teve sua pesagem oficial realizada nesta sexta-feira (11), em Las Vegas (EUA). Sem sustos, os quatro atletas responsáveis pelos dois principais combates do evento se apresentaram logo no início e cumpriram suas obrigações com a balança, confirmando ambas disputas.

Primeiro a se apresentar no palco montado no UFC Apex, Deiveson tratou de afastar logo qualquer dúvida sobre seu corte de peso e marcou 56,4 kg, dentro do limite exigido para disputas de título na divisão dos moscas (57 kg). Vale lembrar que o brasileiro – atual campeão da categoria – teve problemas para bater o peso em um passado não tão distante e o pouco tempo de descanso de sua última luta, realizada no dia 21 de novembro deste ano, deixou no ar a preocupação sobre uma possível falha na balança.

Paraense Deiveson Figueiredo fará sua segunda defesa de cinturão em 21 dias (Foto: Diego Ribas/Ag. Fight)

Atual primeiro colocado no ranking peso-mosca, Brandon Moreno também aproveitou o início da pesagem para carimbar sua vaga na luta principal do UFC 256. O lutador, que pode se tornar o primeiro atleta nascido no México a conquistar um cinturão do Ultimate, subiu à balança com o mesmo peso do brasileiro, seu adversário hoje.

Protagonistas do co-main event da noite, Charles ‘Do Bronx’ e Tony Ferguson também confirmaram seu confronto logo no início da pesagem, ao ficarem dentro do limite estabelecido para duelos no peso-leve (70 kg). O brasileiro cravou 70 kg, enquanto o americano subiu na balança com 300 gramas a mais. Vale lembrar que ‘El Cucuy’ chegou a ameaçar desistir do combate caso o atleta da ‘Chute Boxe São Paulo’ excedesse o limite de peso da categoria.

Os demais representantes do Brasil no card do UFC 256 também cumpriram com suas obrigações e confirmaram seus duelos. De volta ao peso-médio (84 kg), Ronaldo ‘Jacaré’ subiu à balança com 84,1 kg, ligeiramente mais pesado do que seu adversário de hoje, o americano Kevin Holland, que chega embalado por quatro vitórias consecutivas na temporada 2020.

Indo para a sua segunda experiência na divisão dos leves, Renato ‘Moicano’ não teve problemas para bater 70,3 kg e garantir sua presença na peleja contra Rafael Fiziev, que marcou 70,5 kg na balança. Quem também confirmou seu combate com tranquilidade foi o ex-campeão peso-pesado Júnior ‘Cigano’, 111,8 kg, que encara o invicto Ciryl Gane na abertura do card principal do UFC 256, hoje.

Também pelo card principal, as pesos-palhas (52 kg) Mackenzie Dern e Virna Jandiroba confirmaram o que promete ser uma das lutas de MMA feminino com maior nível técnico de jiu-jitsu da história. A americana, que representa o Brasil por ter dupla nacionalidade, marcou 52,1 kg, mesmo peso com que a baiana subiu na balança.