‘DJ do vôlei’ diverte brasileiros após tocar Raça Negra e Banda Djavú nas Olimpíadas

O DJ, que comandava a playlist da partida do Brasil contra EUA no vôlei, viralizou após tocar vários hits musicais brasileiros

Tóquio – Na madrugada desta sexta-feira (30) a Seleção masculina de vôlei ganhou de 3 sets a 1 em uma partida contra os Estados Unidos nas Olimpíadas de Tóquio. No entanto, o DJ que comandava a playlist da partida também agitou os brasileiros e viralizou nas redes sociais.

‘DJ do vôlei’ diverte brasileiros após tocar vários hits brasileiros nas Olimpíadas (Foto: Reprodução / Redes sociais)

Ao longo da disputa na quadra, o austríaco DJ Stari, especialista em tocar há mais de 20 anos em eventos esportivos, embalou o jogo ao som de hits conhecidos pelos brasileiros, entre eles, “Zap Zum”, de Pabllo Vittar, “Que tiro foi esse?”, de Jojo Todynho, “Batom de Cereja”, de Israel e Rodolfo, e clássicos da Banda Calypso, Raça Negra, Banda Djavú e Chitãozinho & Chororó.

Nas redes sociais, o DJ foi muito elogiado pelos brasileiros que já nomearam ele como o “DJ do Vôlei” e criaram vários memes sobre o artista. O austríaco até compartilhou nos stories do Instagram algumas reações dos internautas.

DJ Stari não esconde a admiração pelo Brasil e principalmente pela Seleção feminina de vôlei que segundo ele é “um time como nenhum outro”. Na véspera da abertura oficial dos jogos olímpicos ele postou uma foto com o time.”Nos últimos 20 anos, eu conheci milhares de atletas, mas nenhum time é tão especial como o dessas meninas. Vivam seu sonho olímpico!”, desejou ele, em inglês, na legenda.

Confira as reações dos internautas ao gosto musical do “DJ do Vôlei”:

Anúncio