Esquema de segurança para Arena terá apoio da CIA e FBI

Vias começarão a ser fechadas por volta das 9h, para facilitar o tráfego e a segurança no local. Confira as orientações

Manaus – Com risco maior à segurança, a partida entre Estados Unidos x Portugal, pelo Grupo G, da Copa do Mundo, neste domingo, na Arena da Amazônia, em Manaus, terá o apoio do FBI e CIA.

O secretário executivo de Grandes Eventos da Secretaria de Estado Segurança Pública (SSP-AM), coronel Dan Câmara, revelou que os agentes da Polícia Federal e das agências de inteligência norte-americanas atuarão de forma integrada com as forças de segurança locais.

“Tivemos contatos com o FBI e CIA. Estão presentes no País e, com certeza, em Manaus. Essa participação integrada é de apoio e não de operações”, explicou Câmara.

O policiamento estrangeiro, conforme o secretário, não interfere na operacionalidade da Secretaria de Segurança do Estado durante o Mundial. A cooperação é restrita ao contingente de turistas presentes na cidade-sede e identificação de possíveis criminosos. 

“O Centro de Cooperação Policial Internacional (CCPI), que funciona em Brasília (DF), e é ligado à Polícia Federal do Brasil, é onde ficam concentrados os policiais estrangeiros. Apenas Itália, Inglaterra (que se enfrentaram no sábado passado na Arena) e Estados Unidos pediram assentos no CCPI , mas não em cadeiras de operações e sim de assistência ao turistas. Nós cedemos espaço na Central de Comunicação Social e Apoio ao Turista, que funciona no Centro Integrado de Comando e Controle Regional do Amazonas (no Aleixo)”, explicou Câmara.

Para este domingo, o efetivo da SSP-AM será o mesmo dos dois primeiros jogos no estádio de Manaus. Serão 5 mil agentes de seguranças, das forças policiais do Estado e Federal. “O que será diferente é que nós faremos um realinhamento do nosso planejamento devido ao nível de risco. Vamos reposicionar esse efetivo para atender à atração Estados Unidos e Portugal, que tem um grau de segurança mais elevado devido às ameaças de terrorismo, que são combatidas incisivamente pelo governo americano”, declarou Câmara.

Apesar do alerta, o secretário de Grandes Eventos não foi informado, até a última sexta-feira, de nenhum risco à segurança, como atentado terrorista, do público e jogadores da seleção dos Estados Unidos. “Não temos nenhum indicativo de que algo está ameaçando a equipe americana”, afirmou.
Dan Câmara não confirmou a presença de autoridades dos Estados Unidos ao evento. “Devem vir a Manaus o Joseph Blatter (presidente da Fifa) e o ministro do Esporte (Aldo Rebelo). Foi lançado na mídia que o vice-presidente dos Estados Unidos (Joe Biden) viria, mas nada foi confirmado ainda”, disse o secretário.

Interdições de ruas começam às 9h

O esquema especial de trânsito e transporte coletivo montado para a partida da última quarta-feira, entre Camarões e Croácia, na Arena da Amazônia, será repetido neste domingo. De acordo com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), as interdições no entorno do estádio começam a partir das 9h. Até o meio-dia, o Manaustrans vai fazer o bloqueio das ruas que contornam a Arena.

A interdição atingirá trechos das avenidas Pedro Teixeira, Lóris Cordovil e bloqueio total da Rua Belmiro Vianez e da Alameda do Samba. O Manaustrans vai atuar com o efetivo de 265 agentes de trânsito, distribuídos em vários turnos.

A Avenida Constantino Nery , no trecho entre o Complexo Viário de Flores e a Avenida Darcy Vargas, sentido bairro/Centro, será interditada a partir de meio dia. No sentido Centro/bairro, será fechada às 13h. 

A interdição da Avenida Djalma Batista, no trecho entre a Avenida Darcy Vargas e o Complexo Viário de Flores, será feito  partir das 14h. Nesse perímetro, a circulação ficará restrita para o embarque e desembarque de passageiros do transporte coletivo.

De acordo com a Prefeitura de Manaus, os ônibus do transporte coletivo que possuem vias interditadas em suas rotas, seguirão por caminhos alternativos. Micro-ônibus adaptados levarão torcedores com mobilidade reduzida até a Arena Amadeu Teixeira. Poderão utilizar o serviço: idosos, obesos e pessoas com deficiência, sendo permitido um acompanhante para cada pessoa.

Anúncio