Falta de ondas interrompe etapa do Rio do Circuito Mundial de Surfe

A decisão foi tomada após a realização de três chamadas

Rio de Janeiro – A Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês) informou que a etapa do Rio de Janeiro do Circuito Mundial de Surfe, que está sendo disputada na Praia de Itaúna, em Saquarema, foi adiada neste sábado (24) por causa da falta de boas ondas para a disputa. A decisão foi tomada após a realização de três chamadas.blank

blank

SAQUAREMA, RIO DE JANEIRO, BRAZIL (Foto: by Thiago Diz/World Surf League)

“Nós tentamos, fizemos três chamadas hoje [sábado] pela manhã, mas infelizmente o swell [ondulação] está decaindo, perdendo força, perdendo intensidade e tivemos que adiar a competição. Os head judges [chefes dos juízes] fizeram contagem de ondas e de qualidade, em cerca de 1 hora só entraram apenas 2 ondas na casa dos 5 pontos e não é para isso que estamos aqui. Então não tivemos outra opção a não ser cancelar a competição hoje. Mas estaremos amanhã [domingo] aqui para checar as condições pela manhã”, declarou o diretor de circuitos e competições da WSL, Renato Hickel.

Assim, a próxima chamada para as repescagens feminina e masculina será realizada às 8h45 (horário de Brasília) do próximo domingo (25).

A etapa de Saquarema teve início na última sexta-feira (23), quando quatro dos oito surfistas brasileiros avançaram para as oitavas de final. O atual campeão mundial, Filipe Toledo, João “Chumbinho” Chianca, Yago Dora e o campeão olímpico Ítalo Ferreira foram os melhores em suas respectivas baterias e se classificaram de forma direta.

Outro quatro brasileiros caíram para a repescagem, onde tentarão avançar na competição: Caio Ibelli, Samuel Pupo, Jadson André e o tricampeão mundial Gabriel Medina. No feminino, a cearense Silvana Lima foi eliminada na repescagem pela havaiana Carissa Moore. Já a gaúcha Tatiana Weston-Webb mede forças com a norte-americana Caitlin Simmers para tentar avançar.

Anúncio