Abel Ferreira lança livro com bastidores das conquistas como técnico do Palmeiras

O livro vai destinar a receita de royalties do treinador para instituições de caridade escolhidas por ele e pelo clube

São Paulo – A frase “Cabeça fria, coração quente”, um dos lemas do técnico Abel Ferreira nas conquistas de duas edições da Libertadores (2020 e 2021) e de uma Copa do Brasil (de 2020) pelo Palmeiras, é também o título do primeiro livro do treinador.

Técnico Abel Ferreira. (Foto: Cesar Greco)

Com pré-venda a partir deste sábado, 1º de janeiro, na loja oficial do clube, o volume reúne bastidores dos primeiros meses de trabalho do treinador e sua comissão técnica no futebol brasileiro. O livro vai destinar a receita de royalties do treinador para instituições de caridade escolhidas por ele e pelo clube.

Resultado de um relato coletivo de Abel Ferreira e dos assistentes Carlos Martinho, João Martins, Tiago Costa e Vitor Castanheira desde outubro de 2020, o livro traz “segredos, reflexões e métodos revelados em primeira pessoa”, de acordo com o site do Palmeiras.

“Quando cheguei aqui, perguntei ao Cícero (Souza, gerente de futebol) sobre livros de treinadores brasileiros. ‘Não temos nenhum livro’, ele me disse. Estou há um ano escrevendo um livro com a minha equipe técnica, para explicar tudo o que nós fizemos durante um ano. Esse livro vai sair em janeiro, e vocês terão lá todas as histórias e o nosso trabalho. É uma forma que tenho de agradecer o futebol brasileiro. Está feito, falta ser publicado”, disse o treinador no final do ano passado.

Abel e sua comissão técnica revelam detalhes das vivências clube e fazem considerações sobre o futebol brasileiro. Análises táticas e segredos da preparação para jogos importantes nas duas últimas temporada são alguns dos pontos altos da obra, que traz ainda imagens inéditas de bastidores.

blank

(Foto: Divulgação)

Escolhido como o melhor treinador da América do Sul na tradicional eleição anual do jornal uruguaio El País, o português superou Marcelo Gallardo, campeão argentino pelo River Plate, e Lionel Scaloni, campeão da Copa América com a seleção da Argentina. O contrato do treinador, que já se tornou um dos mais vitoriosos da história do clube, será ampliado por um ano e ele terá um aumento de salário significativo.

Anúncio