Alvo da gestão de Ronaldo, Jailson deixa Cruzeiro sem sequer treinar

Goleiro, que receberia R$ 2 milhões por um ano de contrato , teve o vínculo rescindido por conta de corte de gastos no clube

São Paulo – O goleiro Jailson, ex-Palmeiras, não vestirá mais a camisa do Cruzeiro. O contrato do atleta foi rescindido antes mesmo de fazer seu primeiro treino pela equipe, após decisão da nova gestão do clube, recentemente assumida por Ronaldo Fenômeno.

(Foto: Divulgação / Lance)

Assim como Fábio, Jailson foi dispensado em uma manobra visando à economia do clube mineiro, tendo em vista que seriam gastos com o goleiro, cerca de R$ 2 milhões por um ano de contrato, sendo o maior salário do clube.

Anunciado pelo time de Minas no dia 13 d dezembro, o atleta de 40 anos, agora, está livre no mercado para negociar com qualquer equipe. Após o comunicado do clube, Jailson removeu as postagens de suas redes sociais em que aparecia com a camisa da Raposa e comemorava o acerto nas negociações.

Anúncio