Arbitragem brasileira vai atuar na final da Copa do Egito

Zamalek e Al-Ahly decidem o título da competição na próxima sexta-feira (8), em Riad, na Arábia Saudita

Arábia Saudita – A convite da Associação Egípcia de Futebol, uma equipe de arbitragem brasileira vai atuar na final da Copa do Egito, entre Zamalek e Al-Ahly, na sexta-feira (8). Presidida por Wilson Seneme, a Comissão de Arbitragem da CBF indicou, nesta segunda-feira (4), o árbitro Anderson Daronco, que estará acompanhado das assistentes Neuza Back e Fabrini Bevilacqua, além do quarto árbitro Rodrigo Pereira. O VAR terá a atuação de Charly Wendy e Thayslane Costa como árbitra assistente de vídeo.

blank

(Foto: Divulgação / CBF)

Toda a equipe possui o escudo FIFA. A partida será disputada na cidade de Riad, na Arábia Saudita, no Estádio Universitário Rei Saud, às 14h (horário de Brasília).

Esta não será a primeira vez em que a arbitragem brasileira irá trabalhar em partidas no país. Em 29 de janeiro deste ano, um quarteto feminino apitou o amistoso entre Al-Hilal (SAU) e Inter Miami (EUA). Edina Alves foi a árbitra principal, ao lado de Neuza Back, Fabrini Bevilacqua e da árbitra de vídeo Daiane Muniz.

No ano passado, Ramon Abatti Abel trabalhou, em agosto, no confronto entre Al-Hilal e Al-Ettifaq, pela quarta rodada do Campeonato Saudita. Já Anderson Daronco, atuou, em setembro, no jogo entre Al Nassr e Al Ahli, pela sétima rodada do Campeonato Saudita.

Anúncio