Brasileirão: com novo ‘coringa’ FLA pega América-MG

O Flamengo roda o elenco e tem em Andreas Pereira uma peça chave para se manter na luta pelo título da competição

Rio de Janeiro – O Flamengo tem uma baixa confirmada para a partida contra o América-MG hoje (26), às 10h (horário de Manaus), no Estádio Independência, em Belo Horizonte, válida pela 22ª rodada do Brasileirão. Isso porque o meio-campista Everton Ribeiro, que atuou em todos os confrontos desde que voltou da Seleção Brasileira, será poupado.

(Foto: Alexandre Vidal-Flamengo)

Após a derrota para o Grêmio por 1 a 0, no último domingo, o técnico Renato Gaúcho havia revelado que o camisa 7 estava com um problema na perna. De acordo com Renato, Everton Ribeiro sequer deveria ter entrado em campo, mas o meia disse à comissão que poderia jogar por 45 minutos.

“O treinador sempre procura o melhor para a equipe. Estávamos perdendo o jogo, coloquei o Bruno já como um teste para quarta. Deixamos Pedro e Gabi para empurrar a zaga. Eu não gosto de tirar o Everton, mas as pessoas não entendem e não têm acesso. O Everton não era nem para ter jogado. Está com um problema na perna. Disse que poderia jogar 45, mais, no máximo, mais alguns minutos. Colocamos porque é sempre uma decisão. E é por isso que saiu. Tem um jogo decisivo na quarta-feira. Temos problemas com Arrascaeta, com o Filipe. Por isso foi substituído naquele momento. Já estava combinado”, explicou.

Essa, inclusive, é uma forma de ter Everton Ribeiro em boas condições para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, na próxima quarta-feira (29), pelo jogo da volta da semifinal da Libertadores. Além dele, o Flamengo ainda trabalha para ter Filipe Luís e Arrascaeta à disposição.

Novo “coringa”

Com Everton Ribeiro de fora, Renato Gaúcho fica no aguardo do departamento médico do clube. Filipe Luis e Arrascaeta treinaram com o restante do elenco e podem ser relacionados para o duelo com o Coelho. No entanto, a estratégia da comissão técnica rubro-negra é poupar a dupla para o jogo da Libertadores.

Com isso, a tendência é que Andreas Pereira seja utilizado mais adiantado e não como segundo volante. Assim, o meio de campo do Flamengo pode ser formado pelo quarteto Willian Arão, Tiago Maia, Diego Ribas e Andreas Pereira. Com Andreas atuando mais adiantado. Outra possibilidade é ter um trio no meio, com Vitinho no lugar de Diego. Dessa forma, Andreas recuaria um pouco.

São muitas opções e Renato Gaúcho tem a famosa “dor de cabeça” para escalar a equipe que pega o América, na manhã de hoje.

“É ótimo, sempre bom ter essa “dor de cabeça” com vários jogadores bons em cada posição do que, de repente, os jogadores que estão jogando não estão correspondendo e você olha para o lado e vê que os que estão fora não vão te ajudar. O grupo do Flamengo é um grupo muito qualificado em todas as posições, sempre falo para eles que estamos em três competições, tem espaço para todo mundo, independente do jogador que for jogar uma competição, temos mais duas sempre”, explicou o Gaúcho.

Anúncio