Brasileiro: Fluminense e Atlético-MG empatam sem gols no Maracanã

Tricolor fica muito perto de vaga na próxima Libertadores

Rio de Janeiro – O Fluminense recebeu o Atlético-MG, nesta quarta-feira (10) no estádio do Maracanã, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro com um objetivo claro, vencer para garantir uma vaga na próxima edição da Taça Libertadores. Já o Galo queria triunfar para ficar vivo na briga pelo título. Mas o confronto terminou em 0 a 0.blank

Com o resultado, o time comandado pelo argentino Jorge Sampaoli fica na 3ª posição com 61 pontos. Já a equipe do técnico Marcão é a 5ª, com 57 pontos.

O jogo

As equipes fizeram um primeiro tempo movimentado, com as equipes acelerando as jogadas no meio campo, mas encontrando dificuldades de entrar na defesa adversária. As jogadas ofensivas até apareciam, mas não com oportunidades claras.

Pelo Galo, vale destacar um lance aos 17 minutos, quando o venezuelano Savarino chutou com perigo após boa jogada coletiva do time do técnico argentino Jorge Sampaoli. Já o Tricolor chegou bem aos 29 minutos, quando Fred recebeu passe na cara do goleiro Everson, que conseguiu abafar a jogada. O camisa 9 estava em posição de impedimento.

No intervalo, o técnico Marcão optou pela entrada do garoto John Kennedy no lugar de Fred, que sentiu lesão na virilha.

Mas quem chegou primeiro com perigo foi o Atlético-MG. Aos 5 minutos, o Galo trabalhou a bola perto da área do Tricolor. Savarino dominou na direita e cruzou para Eduardo Sasha, que finaliza de cabeça com perigo, mas para fora.

O time mineiro passou a manter mais a posse de bola e chegou novamente aos 14 minutos, quando Vargas bateu forte de longe, mas a bola desvia na defesa do Fluminense e vai para fora.

Aos 27 minutos o time das Laranjeiras teve oportunidade cristalina, quando Nenê lançou John Kennedy em profundidade. O garoto partiu em velocidade, mas, dentro da área, marcado por dois adversários, acaba caindo, mas o árbitro diz que não houve infração.

Cinco minutos depois o Galo respondeu com boa jogada. Após ótima trama coletiva, a bola foi tocada para Marrony na esquerda. O atacante cruzou rasteiro, mas Savarino chegou atrasado. Um minuto depois nova oportunidade do Atlético, em chute do volante Allan, que foi para fora.

O Galo passou a tentar ocupar o campo do Tricolor em busca de uma jogada mais trabalhada, enquanto o time das Laranjeiras começou a apostar claramente em jogadas de contra-ataque, aproveitando a velocidade dos seus homens de frente.

E de tanto trabalhar, o Atlético conseguiu criar nova oportunidade aos 46 minutos, quando Guilherme Arana recebeu na entrada da área e chutou muito forte para ótima defesa do goleiro Marcos Felipe.

O árbitro indica então que o jogo teria sete minutos de acréscimo, e o Fluminense se animou. Aos 47 minutos o peruano Fernando Pacheco recebeu passe na área, mas o goleiro Everson se adiantou para defender.

Três minutos depois, o peruano novamente teve oportunidade de marcar, quando recebeu de Egídio, ajeitou e chutou, mas Júnior Alonso conseguiu bloquear. E a chance mais clara veio no último minuto dos acréscimos, quando o uruguaio Michel Araújo aproveitou bola que sobrou e acerta, de muito longe, um belo chute no ângulo, que Everson defendeu para garantir a igualdade final.

Próximos jogos

O Galo volta a entrar em campo no torneio nacional no sábado (13), quando recebe o Bahia no estádio do Mineirão a partir das 19h. Já o Tricolor visita o Ceará na segunda (15), no estádio do Castelão a partir das 18h.

Anúncio