Briga entre torcedores do Santos e Coritiba termina com 18 presos

A confusão começou quando torcedores do Santos começaram a hostilizar a torcida do Coritiba

São Paulo – Dezoito torcedores do Coritiba e do Santos, foram presos no litoral paulista, após uma briga neste domingo (17) durante a partida em que os dois times se enfrentavam no estádio da Vila Belmiro em Santos.

Segundo a Polícia Militar, os enfrentamentos chegaram a acontecer dentro do saguão de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).blank

blank

(Foto: Bruno Santoni / Reprodução Instagram @santosfc)

De acordo com o relato da PM, a confusão começou quando torcedores do Santos começaram a hostilizar a torcida do Coritiba, que chegou de ônibus ao estádio. A polícia diz que o combinado era que esse grupo chegasse antes do jogo, sem a presença dos torcedores locais, e fosse escoltado para dentro do estádio. No entanto, os ônibus que traziam os apoiadores do Coritiba atrasaram.

Durante o confronto, uma viatura da PM e alguns ônibus da torcida do Coritiba foram apedrejados. A polícia usou bombas de gás lacrimogêneo para conter a confusão. Pessoas que ficaram feridas foram levadas a uma UPA próxima.

Um grupo de torcedores do Santos foi até a UPA e depredou o local. A PM agiu novamente para conter a briga. Acabaram presos, 9 torcedores do Santos e 9 do Coritiba.

Anúncio