Copa América é adiada para 2021 por causa do Covid-19

Sendo assim, a entidade organizadora segue os passos da Uefa, que também determinou o postergamento da Eurocopa. Competição será disputada de 11 de junho a 11 de julho do ano que vem

Assunção – A Copa América está adiada para 2021. Seguindo os passos da Uefa, que também determinou o postergamento da Eurocopa para o próximo ano em função do surto de coronavírus, a Conmebol determinou nesta terça-feira (17) que o seu torneio de seleções também não ocorrerá em 2020 por causa da pandemia do coronavírus, o Covid-19.

Presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez disse que a medida é extraordinária (Foto: Luisa Gonzalez/Divulgação)

Sedes mantidas

A competição composta por 12 seleções vai ser disputada, assim, de 11 de junho a 11 de julho de 2021, na Colômbia e na Argentina, definidas anteriormente como sedes do torneio. Elas estão mantidas, assim como os grupos e o formato de disputa. E até a data é bem semelhante, pois neste ano a Copa América ocorreria de 12 de junho a 11 de julho.

No sorteio realizado anteriormente, o Brasil, o atual campeão da Conmebol, havia sido apontado como cabeça de chave do Grupo B, ao lado da anfitriã Colômbia e também de Equador, Peru, Venezuela e do Catar, convidada do torneio, assim como a Austrália, que está na outra chave a A, da Argentina.

De acordo com a Conmebol, a decisão foi adotada com o apoio dos presidentes das federações que a compõem, além dos governos dos países-sede, destacando que nesse momento a prioridade é proteger a saúde e a segurança das seleções, torcedores, imprensa e dos cidadãos.

“É uma medida extraordinária para uma situação inesperada e, portanto, responde à necessidade fundamental de evitar uma evolução exponencial do vírus; presente já em todos os países das Associações Membro da Confederação. Para a Conmebol não foi fácil tomar essa decisão, mas devemos sempre proteger a saúde dos nossos atletas e de todos os agentes que fazem parte da grande família do futebol sul-americano”, disse Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

O dirigente também indicou que a Uefa foi consultada para a tomada da decisão. Anteriormente, a Conmebol havia decidido ajustar o seu torneio de seleções ao calendário da Uefa, que também precisou adiar a Eurocopa. “Agradecemos também a Uefa e seu presidente, Aleksander Ceferin, pelo trabalho conjunto e pela decisão coordenada de postergar a Eurocopa 2020 em benefício de toda a família do futebol”, acrescentou o dirigente sul-americano.

Disputas afetadas

A Copa América não é a única competição sul-americana afetada pelo surto. Anteriormente, o início das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, que teriam os primeiros jogos disputados de 27 a 31 de março, foram adiados, com data a definir. E os jogos da Copa Libertadores da América, que teria mais uma rodada da fase de grupos nesta semana, também foram suspensos. Tudo em prol da saúde pública, que deve estar em primeiro lugar na atual conjuntura do novo vírus.

Anúncio