Cristiano Ronaldo celebra números rumo à 5ª Copa do Mundo com Portugal

Atacante do Manchester United leva a seleção a depender apenas de si para ir ao Mundial do Catar, que pode ser o último do português

São Paulo – Depois de marcar três gols na goleada de Portugal sobre Luxemburgo por 5 a 0 nesta terça-feira, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, Cristiano Ronaldo usou as redes sociais para comemorar a vitória e agradecer a torcida que compareceu ao Estádio de Algarve, em Faro e Loulé, para ver o hat-trick do craque português.

(Foto: Reprodução/Instagram)

“Mais uma vitória, mais um passo rumo ao nosso objetivo, mais uma noite histórica na defesa das nossas cores! Tudo se torna mais fácil quando jogamos em casa e perante um público que nos acarinha do primeiro ao último minuto… Eu tinha prometido que iria sempre à procura de mais e mais e mais! Está no meu e no nosso DNA, nunca nos contentamos, nunca baixamos os braços e vamos sempre lutar por tudo o que pudermos alcançar! Força Portugal”, escreveu o atacante do Manchester United.

Com os três gols marcados contra a seleção de Luxemburgo, Cristiano Ronaldo ultrapassou a marca de 801 gols na carreira – se contar as vezes em que o portugûes balançou as redes pela seleção de base (sub-20 e sub-21) e olímpica. Aos 36 anos, o atacante, que se tornou este ano o maior artilheiro por seleções, com 115 gols, atingiu a expressiva marca em 1.101 partidas (média de 0,72 gol por jogo) na carreira.

Entre times e seleções, os 801 gols marcados pelo português se distribuem entre: Sporting, 5 gols; Manchester United, 123 gols; Real Madrid, 451 gols; Juventus, 101 gols; seleção principal, 115 gols; seleção de Portugal sub-21, 3 gols; seleção de Portugal sub-20, 1 gol; e seleção olímpica, 2 gols.

Muito superior ao adversário, Portugal resolveu a partida ainda no primeiro tempo. Logo aos sete minutos, Cristiano Ronaldo abriu o placar que ele mesmo ampliou cinco minutos depois. Antes do intervalo, Bruno Fernandes fez o terceiro. Na segunda etapa, João Palhinha marcou o quarto e Cristiano Ronaldo, de cabeça, fechou o marcador.

Com a vitória, Portugal chegou aos 16 pontos no Grupo A da competição, ainda na vice-liderança atrás da Sérvia, que chegou aos 17 depois de vencer o Azerbaijão por 3 a 1. Na próxima rodada, os portugueses enfrentam a Irlanda, ao passo que será a vez de os sérvios folgarem. Na última rodada, Portugal enfrenta a Sérvia. O confronto direto faz o time de Cristiano Ronaldo só depender das próprias forças para garantir a vaga. Com dois empates, os portugueses carimbam o passaporte para o Mundial.

Mundial aos 37 anos

A Copa do Catar pode ser o quinto e último mundial de Cristiano Ronaldo. Em novembro de 2022, o português estará com 37 anos e dificilmente não será convocado para a seleção se Portugal garantir a vaga. Depois de conduzir Portugal aos inéditos títulos de Eurocopa e Liga das Nações, o craque português não conseguiu emplacar ainda uma boa participação em Copa do Mundo com o time nacional. A vez que chegou mais longe com a seleção portuguesa foi em 2006, no Mundial da Alemanha. Na ocasião, Portugal chegou à semifinal, mas caiu diante da França e ficou em quarto lugar depois de perder a disputa do terceiro para os donos da casa. Na Copa que terminou com e tetra da Itália, o atacante português marcou apenas um gol.

No entanto, se na Alemanha Cristiano Ronaldo, então com 21 anos, ainda era considerado uma promessa no meio de jogadores como Deco e Figo, em 2010 o atacante chegou à África do Sul com o selo de melhor jogador do mundo, conquistado em 2008, e com a responsabilidade de ser o capitão da equipe. Em quatro jogos, o português marcou apenas um gol — na goleada por 7 a 0 sobre a Coréia do Norte — e viu sua seleção cair para a campeã Espanha nas oitavas de final.

Quatro anos depois, no Brasil, Portugal teve o pior desempenho em um Mundial na era Cristiano Ronaldo. Os portugueses caíram ainda na fase de grupos, e Cristiano, protagonista na conquista do décimo título de Liga dos Campeões da história do Real Madrid naquele ano, conseguiu contribuir com apenas um único gol.

Em 2018, Cristiano voltou aos Mundiais e estreou na Copa da Rússia de forma histórica: três gols no empate em 3 a 3 com a Espanha. Porém, os gols do craque ficaram restritos ao primeiro jogo e os portugueses voltaram para casa depois de o time perder para o Uruguai nas oitavas de final.

Em quatro Copas do Mundo, Cristiano Ronaldo disputou 14 jogos, marcou seis gols e venceu cinco partidas. Pela seleção de Portugal principal, ele fez 115 gols em 182 apresentações e conquistou dois títulos.

Anúncio