Em jogo aberto, São Raimundo vence Manaus FC e larga na frente nas finais do amazonense

Time da Colina venceu o jogo por 2×1 na Arena da Amazônia neste sábado (15)

Manaus – Em duelo realizado na Arena da Amazônia, na tarde deste sábado (15), o São Raimundo se aproveitou de vantagem numérica e começou a decisão do Barezão com o pé direito, após vencer o jogo por 2×1.

O jogo logo se desenhou para o time da Colina, após a expulsão do zagueiro Thiago Spice aos 5 minutos, após falta cometida em Rossini.

Pouco após a expulsão, o São Raimundo abriu o placar com Negueba, em bonito gol de um dos destaques dessa edição do estadual, em que dominou no peito e tocou de cobertura para vencer o goleiro Gleibson.

Com um a menos, o Manaus não se intimidou e chegou ao empate mesmo em desvantagem numérica, em gol do atacante Vanilson.

O jogo esfriou após o gol de empate, com os times cozinhando jogo até o juiz encerrar os primeiros 45 minutos da decisão do Barezão 2020.

O São Raimundo voltou ligado do intervalo e logo aos dois minutos de partida fez o seu segundo gol, em mais um belo gol e Negueba, que driblou dois marcadores e colocou o clube a frente no placar.

Com um a mais, o São Raimundo começou a controlar o jogo, aceitando a pressão do Manaus, que precisava do resultado. Com isso, os goleiros tiveram que trabalhar, com Matheus Melo fazendo boas defesas e Gleibson observando o contra-ataque do time colinense.

No último lance partida, o goleiro destaque do São Raimundo, Matheus Melo, recebeu amarelo bobo após chutar a bola com o jogo parado e, por estar pendurado, ficará de fora do jogo que pode tirar o Tufão da fila de títulos.

O Manaus ainda tentou se lançar ao ataque nos minutos finais em busca do gol de empate, sem sucesso. Com isso, a partida acabou 2×1 para o São Raimundo, que luta para conquistar o seu oitavo título estadual.

Com a partida de hoje, Negueba chegou a 6 gols e 6 assistências no campeonato, sendo um dos craques e revelação dessa edição do estadual.

O São Raimundo agora joga por um empate, no próximo final de semana, para voltar a ser campeão estadual, que não vence desde 2006. Para o Manaus, resta ganhar o próximo duelo para tentar o tetracampeonato.

Anúncio