Erison garante vitória do Botafogo no clássico contra o Flamengo

Duelo no Estádio Mané Garrincha foi marcado por muito equilíbrio e partida memorável do goleiro Gatito Fernández

Brasília – Em duelo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF, o Botafogo bateu o Flamengo pelo placar de 1 a 0. O único gol do clássico foi marcado pelo artilheiro Erison, “El Toro”, já na segunda etapa. Duelo de dois portuguses à beira do campo. Paulo Sousa e Luís Castro se encontraram pela primeira vez no futebol brasileiro em um clássico repleto de grandes ideias de jogo.

As ações começaram equilibradas na capital federal. O Botafogo explorando um pouco mais o contra-ataque, enquanto o Flamengo tentava apostar pelo lado esquerdo na velocidade de Bruno Henrique.

Erison marcou o gol do Botafogo no clássico com o Flamengo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Aos 25 minutos, o Flamengo já começava a controlar a partida e arrancou o grito das arquibancadas. Everton Ribeiro deixou Gabriel sozinho dentro da área e o centroavante balançou as redes de Gatito Fernández. O VAR (árbitro de vídeo), no entanto, encontrou posição irregular no lance e anulou o que seria o primeiro gol Rubro-Negro.

Em um primeiro tempo mais brigado, o Alvinegro passou a encontrar os espaços pelos lados do campo principalmente pelo lado direito de Isla, que pouco acompanhava. Muita briga, mas as equipes não saíram do placar em 0 a 0 ao término dos primeiros 45 minutos.

Na volta para a segunda etapa, logo aos cinco minutos, brilhou a estrela do artilheiro do Botafogo na temporada. Erison recebeu de Diego Gonçalves, carregou e soltou uma bomba. Hugo não conseguiu tirar da direção do gol e viu as redes balançarem no Mané Garrincha.

Atrás do marcador, a equipe comandada por Paulo Sousa aumentou o volume de jogo e tentou se impor no campo de ataque. O Rubro-Negro, no entanto, parava em manhã/tarde inspiradíssima de Gatito, que fez bonitas defesas em finalizações de Bruno Henrique e Lázaro.

A parada técnica aos 30 minutos da segunda etapa foi importante para ambos os treinadores traçarem suas estratégias. O Fla, partia para cima mesmo que sem organização, enquanto o Botafogo optava por trabalhar um pouco mais a bola.

Com o desespero do clube da Gávea, a equipe treinada por Luís Castro foi ganhando campo, espaço e se aproveitava do cansaço do adversário. Anderson Daronco apitou o final do clássico no Mané Garrincha e o Botafogo quebrou o jejum que durava desde 2018.

Próximos jogos
O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (11), às 19h30, contra o Altos-PI, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O Botafogo jogará um dia depois, contra o Ceilândia-DF, também pelo torneio eliminatório, às 21h30.

FICHA TÉCNICA
Flamengo 0 x 1 Botafogo
Local: Estádio Mané Garrincha, Brasília, Distrito Federal
Data e hora: domingo (08/05), às 11h (de Brasília)
Público e renda: 54.981 pagantes / R$ 4.800.370
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Bruno Boschilia e Rafael da Silva Alves (ambos do RS)
Gol: Erison aos 5’/2ºT (Botafogo)
Cartões amarelos: Andreas Pereira (Flamengo) / Saravia, Luís Oyama, Daniel Borges (Botafogo)

FLAMENGO: Hugo; Isla (Rodinei), Willian Arão, David Luiz e Filipe Luís (Ayrton Lucas); Andreas Pereira (Lázaro), Thiago Maia (João Gomes), Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel. Técnico: Paulo Sousa.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Saravia (Hugo), Kanu, Victor Cuesta e Daniel Borges; Luís Oyama, Tchê Tchê e Lucas Fernandes (Del Piage); Victor Sá, Erison (Matheus Nascimento) e Gustavo Sauer (Diego Gonçalves). Técnico: Luís Castro.

Anúncio