Flamengo promove seletiva de futebol feminino no interior do Amazonas

Objetivo da ‘peneira’ é revelar novos talentos na categoria; evento também marca inauguração de estádio no município de Carauari

Carauari – Do Amazonas para a Gávea, no Rio de Janeiro. Essa “ponte aérea” promete reunir dezenas de meninas nesta quinta-feira (7), no município de Carauari (a 788 quilômetros da capital) em busca do sonho de jogar no Flamengo. O clube carioca, em parceria com o projeto social Atletas Com Cristo, promove Seletiva de futebol feminino atrás de novos talentos para atuar no Rubro-Negro. O evento também servirá como festividades de inauguração do estádio local.

(Foto: Divulgação / CRF)

A grande visibilidade ocorrida durante a Copa do Mundo Feminina 2023, disputada na Austrália e Nova Zelândia, fez surgir ainda mais o interesse de meninas de várias idades na prática do futebol. No Brasil, a massificação da categoria vem crescendo todos os anos e o surgimento de “novas Martas” é o que buscam equipes e observadores de todo o País.

Grande incentivador e revelador de craques, o projeto Atletas Com Cristo fez parceria com o Clube de Regatas do Flamengo na promoção de seletivas no Estado em busca de atletas para atuar na Gávea. Nesta quinta-feira (7), o Coordenador de Futebol Feminino de Base do Flamengo, Felipe Alexandre dos Santos será o responsável em observar futuros talentos para brilhar com a camisa rubro-negra. Responsável pelo projeto no Amazonas, o professor Lúcio Silva falou sobre o evento, que contará até com a inauguração de praça esportiva.

“A expectativa é grande porque é a primeira vez que o Flamengo está indo para um município do Amazonas para fazer uma seletiva de futebol feminino, e é onde a gente tem encontrado muitos talentos. Inclusive, três meninas que estão lá (no Rio de Janeiro) são de Barcelos. Então a expectativa é muito grande até porque o Flamengo, junto com os Atletas Com Cristo, vamos inaugurar o estádio de Carauari, que acontece nesta quinta-feira à noite”, comentou Lúcio Silva explicando que a meta é levar a seletiva para outros municípios.

“A parceria que nós temos com o Flamengo é que, qualquer prefeito ou secretário de esportes queira dar oportunidade a seu município (de receber o evento), nós não vamos medir esforços. Em outubro, provavelmente, a gente deva estar em outro município, desde que entre em contato comigo, porque estou representando a base do Flamengo aqui em Manaus. E a minha intenção é ir a vários outros municípios, como Presidente Figueiredo, Itacoatiara, Manacapuru, Codajás, esses municípios mais próximos, é de nosso interesse e do Flamengo, principalmente. Até porque já tem cinco meninas lá (no Rio) e no domingo estarão indo mais três.”, disse.

blank

(Foto: Divulgação / CRF)

Recentemente, o evento revelou a atacante Leane Souza, que saiu da Comunidade Agrovila, no Tarumã Mirim (região metropolitana de Manaus) direto para a Gávea. A atleta brilhou tanto com a camisa do Flamengo que até foi convocada para a Seleção Brasileira Sub17.

“Fico feliz, e isso mostra que o futebol feminino tem valor. Se fizer um trabalho sério, com pessoas sérias, não precisava nem estar contratando jogadoras de outros estados. Tanto é assim que uma de nossas meninas, a Leane, está na Seleção Brasileira, foi eleita a melhor jogadora da Copa Nike pelo Flamengo e agora está na Seleção Brasileira Sub17. O que se precisa é dar oportunidade ao futebol amazonense, que tanto tem no feminino e masculino. O que se precisa é trabalhar com integridade e honestidade, dar um trabalho de base e valorizar o atleta amazonense”, concluiu Lúcio Silva.

Anúncio