Grêmio pode cair nesta segunda; São Paulo joga ainda ameaçado

Grêmio precisa que Juventude e Cuiabá não somem nem um ponto sequer nos dois jogos que farão no Brasileirão 2021

Porto Alegre – O Grêmio alimentava, até os 40 minutos do segundo tempo do empate contra o Corinthians, boas chances de se manter na Série A do Campeonato Brasileiro. O golaço de Renato Augusto no finalzinho, no entanto, fez com que o tricolor gaúcho chegasse a esta segunda-feira (6) com sérios riscos de rebaixamento, já na 37ª rodada. Em situação só um pouco mais tranquila, o São Paulo ainda joga ameaçado de queda.

Grêmio pode ser rebaixado nesta segunda-feira (6) (Foto: Alex Silva / Estadão)

Com o 1 a 1 na Neo Química Arena, o Grêmio não depende apenas das próprias forças para se manter na elite do futebol nacional — nem uma eventual vitória contra o campeão Atlético-MG, em Porto Alegre, na última rodada, livra a equipe da terceira queda de sua história. Para permanecer na Série A, o time de Vagner Mancini tem que torcer para Juventude e Cuiabá nem sequer somarem um ponto nos dois próximos jogos.

O Grêmio tem 40 pontos e ocupa a 18ª colocação do Brasileirão. Os dois times logo acima na tabela, Cuiabá e Juventude, têm 43 cada um, ainda com dois jogos por fazer, o primeiro deles nesta segunda. O Cuiabá enfrentará o Fortaleza, na Arena Pantanal; e o Juventude pegará o São Paulo, no Morumbi.

“Dependendo dos resultados, o Grêmio ainda tem chance. Não acho que a chance está próxima do zero (como o repórter perguntou). Chance é chance e eu acredito ainda”, disse Mancini, em entrevista na arena, em Itaquera.

Grêmio será rebaixado se:

Juventude e Cuiabá (os dois times) empatarem ou vencerem seus respectivos adversários.

Grêmio chegará à última rodada com chances se:

Juventude ou Cuiabá (ou os dois times) forem derrotados pelos seus respectivos adversários.

Drama tricolor

Além do problema do Grêmio, outro time tricolor vive momentos dramáticos nas últimas rodadas do Brasileirão. O São Paulo, que enfrenta o Juventude, ainda não se garantiu na elite do futebol nacional para o ano que vem.

O time do técnico Rogério Ceni é o 14º colocado, com 45 pontos, uma posição à frente e dois pontos a mais em relação ao Bahia, que venceu o Fluminense na rodada. Um empate garante o São Paulo na primeira divisão desde que o Cuiabá não vença o Fortaleza.

Com os mesmos 45 pontos do São Paulo, mas em 13º lugar por ter três vitórias a mais do que o Tricolor, o Athletico-PR também terá a chance de livrar o risco de rebaixamento, contra o Palmeiras, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O Sport, em 19º, com 34 pontos, e a Chapecoense, com 15, já estão matematicamente rebaixados.

Anúncio