Iranduba vence o Kindermann e enfrenta o Rio Preto-SP pelas quartas de final

Em tarde inspirada da goleira Maike, o Hulk da Amazônia garantiu vaga nas quartas de final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino

Manaus – Em tarde inspirada da goleira Maike, o Iranduba da Amazônia venceu por 1 a 0 o Kindermann-SC, na tarde desta quarta-feira (22), no Estádio Carlos Zamith, zona leste de Manaus, e está nas quartas de final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

Em tarde inspirada da goleira Maike, o Hulk da Amazônia garantiu vaga nas quartas de final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino (Foto: Cintia Valadares/EC Iranduba)

Sem data e hora definida, o adversário do Hulk da Amazônia nas quartas de final será o Rio Preto-SP, que terminou em terceiro lugar no grupo dois. A equipe amazonense terá a vantagem de decidir em casa, por ter feito melhor campanha que o time paulista.

O único gol da partida foi marcado pela volante Cris, em falta sofrida pela atacante Giovania na entrada da grande área. Na cobrança, a volante chutou forte no canto direito e, sem tomar conhecimento da goleira da Seleção Brasileira Feminina, Bárbara, que não pode fazer nada para evitar o gol, aos 25 minutos do primeiro tempo.

A partir de então, precisando do resultado, o Kindermann partiu para o ataque, transformando assim, a goleira Maike em estrela do jogo com defesas milagrosas para delírio de suas companheiras e comissão técnica. Entre elas, a defesa da cabeçada para baixo da meia Roberta.

Com o reflexo em dia, a goleira do Hulk da Amazônia estava com o reflexo em dia e conseguiu defender com o pé. O Iranduba ainda teve boas oportunidades de ampliar o marcador, mas esbarrava sempre nas mãos da goleira Bárbara.

A emoção durou até o último da partida, pois em um rápido contra-ataque das visitantes, a atacante Crivelari driblou a goleira Maike e acabou sendo derrubada dentro da pequena área. A arbitragem ainda assinalou a penalidade aos 50 minutos do 2º tempo.

Na cobrança, Júlia Bianchi bateu no canto esquerdo, a goleira do Hulk defendeu e no rebote, Júlia Bianchi teve outra chance para ampliar, mas chutou em cima da goleira Maike, que espalmou outra uma vez, agora, para a linha de fundo, dando números finais a partida e assegurando a vitória para o alviverde irandubense.

Anúncio