Longe de seu ‘ninho’, gavião tenta vitória

Com apenas duas vitórias como visitante nesta Série C, o Manaus FC tenta vencer o Ypiranga-RS, no sul

Manaus – Manaus FC e Ypiranga-RS fazem, hoje (24), às 17h, o segundo duelo seguido no quadrangular do acesso na Série B do Brasileiro. Na capital amazonense, o Gavião Real tropeçou e perdeu boa chance de abrir vantagem na busca pelo acesso à Segunda Divisão nacional. Desta vez, no Colosso da Lagoa, em Erechim, no Rio Grande do Sul, o time amazonense tenta voltar a vencer longe de seus domínios, coisa que só ocorreu duas vezes nesta edição da Série C.

Longe de casa No Colosso da Lagoa, em Erechim, Gavião tenta bater o Canarinho. (Foto: Ismael Monteiro/MFC)

Das dez partidas que o Manaus FC fez na competição, o Esmeraldino venceu apenas duas vezes: contra Santa Cruz-PE e Jacuipense-BA. O Gavião ainda coleciona dois empates e seis derrotas atuando longe de seu “ninho”.

Sabedor do desafio que terá pela frente, o treinador Evaristo Piza enfatizou que o Gavião deve jogar com inteligência e usar da estratégia para bater o Ypiranga em sua casa.

“Imagino um time que se comporte como sempre se comportou desde que cheguei. Jogando dentro de casa ou fora, precisamos entrar forte, competir bem, sermos eficientes. Sabemos da dificuldade que vamos encontrar contra o Ypiranga, é um time de força, precisamos ser inteligentes e estratégicos”, comentou Piza.

Poupado contra o Porto Velho pela Copa Verde, o zagueiro Marcelo Augusto comentou o duelo, que segundo ele é de ‘180 minutos’. “Desde que se abriu essas duas semanas a gente já compreendeu que era um jogo de 180 minutos. Então a gente sabia que se tratava de um confronto direto, e a gente sabe das dificuldades, da qualificação do adversário”, disse o defensor.

Anúncio