Neymar é suspenso e desfalca o Paris Saint-Germain na final da Copa da França

Decisão do torneio será na quarta-feira (19), diante do Monaco, em Paris; clube ainda pode recorrer

França – O que Neymar temia desde quarta-feira (12) se concretizou nesta sexta-feira (14). A Comissão Disciplinar da Federação Francesa de Futebol (FFF, na sigla em francês) anunciou que o craque brasileiro está suspenso da final da Copa da França contra o Monaco, que será disputada na próxima quarta, no Stade de France, em Saint-Dennis, nos arredores de Paris.

O Paris Saint-Germain se classificou para a decisão na última quarta-feira ao vencer o Montpellier na disputa por pênaltis, após empate por 2 a 2 no tempo normal. Neymar, no entanto, recebeu um cartão amarelo aos 44 minutos do segundo tempo, o que decretou a sua suspensão.

Neymar é suspenso e desfalca o Paris Saint-Germain na final da Copa da França (Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images)

O brasileiro foi expulso contra o Lille no dia 3 de abril, pelo Campeonato Francês, e pegou três jogos de suspensão. Porém ele cumpriu apenas duas partidas na prática e a outra ficou em “aberto”, contanto que ele não recebesse cartão por um tempo estipulado. Logo, o amarelo contra o Monpellier está incluído nessa regra e acaba suspendendo o craque.

Segundo nota oficial da Comissão Disciplinar, a suspensão começa a valer na próxima segunda-feira (17). Assim, o brasileiro está liberado para jogar contra o Reims, neste final de semana, pela 37.ª e penúltima rodada do Campeonato Francês.

O Paris Saint-Germain ainda pode recorrer ao Comitê Nacional Olímpico e Esportivo Francês (CNOSF, na sigla em francês) e conseguir a suspensão da decisão da FFF, como o Lyon fez com De Sciglio anteriormente. Se tiver sucesso, Neymar joga a final, mas fica fora da última rodada do Campeonato Francês, no domingo seguinte. O técnico argentino Mauricio Pochettino sabe que não poderá contar na decisão com outros dois titulares: o zagueiro francês Kimpembe, suspenso, e o volante italiano Marco Verratti, lesionado.

Em Montpellier, Neymar começou a partida no banco de reservas e entrou a apenas cinco minutos do fim da partida. Foi punido com o cartão amarelo depois de uma falta em Téji Savanier. Antes mesmo da reunião da Comissão Disciplinar, não tinha muitas esperanças de ser liberado para jogar. “Jogo cinco minutos, faço uma falta e já tomo o amarelo sem pensar. Obrigado por me tirar da final. Acho que estão levando para o pessoal”, escreveu no Instagram.

Anúncio