Pressionado, Flamengo recebe o Vitória na Ilha do Urubu

Rubro-Negro não terá o atacante Guerrero, que teve lesão diagnosticada na última sexta-feira. Sob pressão após resultados ruins, clube precisa vencer para seguir ‘vivo’ no Brasileiro

Rio de Janeiro – Com o atacante Paolo Guerrero contundido, o Flamengo recebe o Vitória, neste domingo (6), a partir das 10h (de Manaus), no Estádio Luso Brasileiro (Ilha do Urubu), no Rio de Janeiro, pela 19ª rodada do Brasileirão. O clima de tensão entre a torcida do Rubro-Negro com a equipe, reforçado nos últimos dias pelos resultados negativos em campo, só poderá ser dissipado com uma vitória em casa.

Se voltar a triunfar, o Fla garante a permanência no G-6, o grupo de classificação à próxima edição da Copa Libertadores, torneio que o clube carioca foi eliminado neste ano. A contusão de Guerrero foi confirmada pelo Flamengo, na última nesta sexta-feira. O atacante peruano sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita, no jogo contra o Santos, em São Paulo.

Jogadores foram cobrados por torcedores, na quinta-feira (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo Divulgação)

Na quinta-feira (3), Guerrero se desentendeu com um torcedor no desembarque da equipe no Rio de Janeiro. Ao ser cobrado por um flamenguista, que pediu para ele ‘dar o sangue’ em campo, o peruano se irritou, chegou a responder com xingamentos e precisou ser contido por um segurança.

Guerrero inclusive ficou de fora do treino do Flamengo, na sexta-feira, e iniciou tratamento para acelerar o retorno. O técnico Zé Ricardo não confirmou o seu substituto, mas deverá optar por Felipe Vizeu, justamente quem entrou no lugar do peruano diante do Santos, quando inclusive marcou um dos gols rubro-negros.

Em compensação, o zagueiro Rhodolfo e o atacante Geuvânio estão recuperados de problemas físicos. Ambos treinaram sem qualquer restrição e podem ser relacionados para enfrentar o Vitória.

Como de costume, o técnico Zé Ricardo não indicou o time titular. Em quinto lugar no G-6, com 29 pontos, o Flamengo foi derrotado pelo Santos, por 3 a 2, na quarta-feira passada, no Pacaembu, em São Paulo. Este último revés desencadeou a revolta de parte dos torcedores com o time rubro-negro.

Vitória

Na zona de rebaixamento do Brasileirão, o Vitória-BA vem de triunfo sobre a Ponte Preta, por 3 a 1, na quarta-feira passada, em Salvador, mas segue desfalcada. Fora o volante Uillian Correia, suspenso, o técnico Vagner Mancini ganhou mais duas baixas no meio-campo. Carlos Eduardo e Cleiton Xavier permanecem no ‘estaleiro’.
Carlos Eduardo chegou a ser relacionado para enfrentar a Ponte, mas sentiu dores na coxa. Já Cleiton se recupera de uma contusão na posterior da coxa. O capitão Willian Farias, que sofreu uma distensão no ligamento colateral do joelho direito, é outro desfalque importante.

Anúncio