Primeira edição da ‘Copa da Floresta’ ganha destaque em reportagem nacional

A competição foi anunciada pela CBF em julho de 2023 e reúne povos originários do interior do estado do Amazonas

Manaus – Uma equipe de reportagem acompanhou a primeira edição da ‘Copa da Floresta’, maior competição amadora do Norte do Brasil e produziu uma matéria especial que será exibida para todo o país neste domingo (25).

(Foto: Divulgação/Globo)

Organizada pela Federação Amazonense de Futebol (FAF), a competição começou com 36 equipes em busca do título. O repórter Plácido Bérci conta a história da decisão do torneio, disputada pelas seleções de Urucurituba e Tefé, para um público de mais de 5 mil pessoas.

Antes da final, a reportagem teve ainda a oportunidade de viajar de barco pela região amazônica com o time visitante, e conhecer histórias de jogadores não profissionais, como Jânio, que joga futebol e planta mandioca para sustentar sua família; e os gêmeos Adriano e André, que vivem da pesca, do plantio de melancia e da criação de gado.

A matéria especial será exibida neste domingo (25), no Esporte Espetacular.

Copa na Floresta

A competição foi anunciada pela CBF em julho de 2023 e reúne povos originários do interior do estado do Amazonas. É uma Copa de seleções, organizada por ligas filiadas à Federação Amazonense de Futebol (FAF), com a participação de 36 cidades.

A abertura da Copa da Floresta ocorreu no estádio Antônio Afonso Jacob de Souza, o Afonsão, na cidade de Careiro Castanho, a 86 km de Manaus. O estádio tem uma configuração bastante peculiar por estar em uma ilha no meio do rio. O que leva os gandulas muitas vezes, por conta da disputa com chute mais forte, a ter que buscar a bola na água.

Após quase três meses de disputa, a primeira edição da Copa ocorreu em novembro do ano passado no Estádio Municipal São Lázaro em Urucurituba (a 207 quilômetros de Manaus).

Anúncio