Rodrigo Caio afirma que sua carreira não acabará após cirurgia no joelho

O zagueiro do Flamengo terá que passar por uma cirurgia no joelho e está fora do restante da temporada 2022

Rio de Janeiro – Após o Flamengo divulgar na quinta-feira (22) que o zagueiro Rodrigo Caio precisará fazer uma cirurgia no joelho direito ficando de fora do restante da temporada 2022, o jogador fez questão de agradecer as energias positivas e afirmou que sua carreira não está no fim.

(Foto: Reprodução – Instagram @flamengo)

O time carioca publicou um vídeo nas redes sociais com o gerente de saúde e alto rendimento do clube, Doutor Márcio Tannure, que detalhou como vai ser o processo cirúrgico do zagueiro. O jogador também esteve presente e disse que não é o momento de lamentar.

“Ele sofreu uma lesão no menisco medial do joelho esquerdo no dia 10 de julho, no jogo contra o Corinthians, e era uma lesão exatamente no local onde ele tinha tido uma lesão prévia, uma sutura, e em função disso, teria possibilidade da tentativa de possibilidade do tratamento conservador, sem cirurgia, para esperar que isso cicatrizasse. A gente deixou claro desde o início que se isso não acontecesse, a gente precisaria realizar uma artroscopia, e isso que a gente está vindo comunicar”, disse Tannure.

O gerente de saúde também deixou claro que o jogador está melhorando, mas, reiterou que o prazo para retorno aos gramados é de seis a oito semanas. Está é a segunda cirurgia pela qual Rodrigo será submetido em 2022. O jogador já tinha sido operado por conta de uma inflamação também no joelho direito, consequência de outro procedimento.

Apesar da expressão abatida, Rodrigo Caio disse que esse “ano foi bem complicado para ele fisicamente e mentalmente” e comentou que as lesões fizeram com que ele perdesse praticamente a temporada. O zagueiro do Flamengo não atua em uma partida oficial desde o dia 3 de dezembro de 2021, na 35ª rodada do Brasileiro, no empate contra o Sport, na Arena Pernambuco.

“Eu fiz questão de estar presente para também deixar uma mensagem. Foi um ano bem complicado para mim, fisicamente, mentalmente, onde algumas lesões fizeram com que eu praticamente perdesse a temporada. Mas, não vim aqui para lamentar nada, pelo contrário. Me sinto uma pessoa privilegiada por tudo que construí na minha carreira, por tudo que tenho na minha vida, e sem dúvidas será mais um obstáculo vencido”, disse o zgueiro.

Rodrigo afirmou que vinha reagindo bem ao tratamento nos últimos dias e sua primeira opção junto com o departamento médico era de não operar. De acordo com o jogador, ele chegou ao último estágio com a esperança de conseguir retornar a jogar sem dores, mas isso não aconteceu, e o novo procedimento se tornou necessário.

 “Mas, enfim, só queria passar aqui para também deixar uma mensagem para todas as pessoas que me encontram no dia a dia, que eu senti desde o começo, sendo flamenguistas ou não. Pessoas que torcem pelo futebol, eu sempre recebi um carinho muito grande de todos, sempre uma palavra de apoio, então fica meu agradecimento do fundo do meu coração”, continuou o zagueiro.

O zagueiro concluiu falando que sua históia não acabou e disse que acredita muito no próposito de Deus e tem certeza absoluta de que Deus tem grandes coisas para a sua vida. O jogador agradeceu as energias positivas e prometeu voltar na próxima temporada, garantido que vai fazer de tudo para entregar o máximo para a Nação Rubro-Negra: “Saibam que farei de tudo para me recuperar, ficar saudável novamente e voltar a fazer o que eu amo”.

Anúncio