São Paulo faz acordo com STJD e livra Rogério Ceni de suspensão

O São Paulo fez um acordo e evitou que Rogério Ceni pegasse uma suspensão que poderia chegar a 16 jogos

São Paulo – O São Paulo pagará uma multa para livrar que o técnico Rogério Ceni seja julgado pelo pela expulsão contra o Red Bull Bragantino. O time paulista fez um acordo com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e evitou que o treinador pegue uma suspensão que poderia chegar a 16 jogos.

São Paulo faz acordo com STJD e livra Rogério Ceni de suspensão  (Foto: Rubens Chiri/sãopaulofc.net)

Rogério Ceni foi denunciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva após criticar a atuação do quatro árbitro, Salim Fende Chávez, que e pediu ao árbitro, Bruno Arleu de Araújo, para que o técnico fosse advertido.

O comandante são-paulino foi expulso na partida e negou ter ofendido Chávez. Segundo Ceni, ele havia solicitado ao árbitro que desse sua versão sobre o cartão amarelo recebido – o que, segundo o treinador, fez com que o quatro árbitro pedisse o cartão vermelho.

De acordo com o site Lance!, na súmula da partida, Araújo informou que Ceni protestou e, depois, ocasionou um “tumulto”. O Lance! também informou que o STJD entendeu que o treinador infringiu as condutas do Art. 257 (participar de rixa, conflito ou tumulto, durante a partida, prova ou equivalente) e o do Art. 158 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código).

Agora com o acordo, Rogério Ceni estará no comando do São Paulo na partida deste domingo (15), às 16h, contra o Cuiabá, no Morumbi.

Anúncio