Times brasileiros definem posição na Libertadores e na Sul-Americana

Athletico e Corinthians precisam de vitória para não dependerem de mais nada e avançarem no principal torneio do continente

São Paulo – A fase de grupos da Libertadores e da Sul-Americana finalmente está chegando ao fim. E, se alguns times brasileiros já garantiram seu lugar nas oitavas de final, outros ainda lutam para alcançar a posição. Nesta quinta-feira (26), o dia é de decisão para muitos deles.

(Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians / Divulgação / Twitter)

Na Libertadores, a primeira equipe a decidir o seu futuro é o Athletico-PR. Com 7 pontos, o time é vice-líder do Grupo B e precisa de uma vitória simples contra o Caracas, na Arena da Baixada. Caso empate, torce também por uma igualdade entre Libertad e Strongest, ou então uma vitória do time boliviano. Em caso de derrota, os paranaenses caem para a Sul-Americana ou podem até mesmo ser eliminados de torneios continentais.

Outro brasileiro que entra em campo nesta quinta é o Corinthians, que também só depende de si. Para confirmar a vaga, o time precisa apenas vencer o frágil Always Ready na Neo Química Arena e tem grandes chances de terminar a fase na liderança do Grupo E. Se apenas empatar, terá de torcer para o Deportivo Cali segurar o Boca Juniors na Bombonera.

Sul-Americana

Na outra competição da América do Sul, o cenário é um pouco diferente, uma vez que apenas o líder de cada grupo se classifica e a situação dos brasileiros é bastante complicada. O Cuiabá, já eliminado, joga contra o Melgar apenas para cumprir tabela, fora de casa.

O Fluminense, por sua vez, precisa de uma combinação bastante improvável para ir às oitavas. Para começar, o time tem que golear o Oriente Petrolero por pelo menos seis gols de diferença. Além disso, o Tricolor ainda torce por um empate entre Junior Barranquilla e Unión Santa Fe. Caso um deles vença, os cariocas estarão fora.

Anúncio