Ketlen Vieira busca retomada no UFC 245

Após um ano e meio longe do octógono, amazonense já está recuperada da lesão no joelho e fará retorno ao UFC no dia 14 de dezembro, em Las Vegas

Manaus – A lutadora do UFC, Ketlen ‘Fenômeno’ Vieira, 28, foi entrevistada no programa Resumo Diário, da Rádio Diário FM (95,7), na tarde de segunda-feira (7), e revelou quando será a sua volta para os octógonos do UFC. “Será no UFC 245, dia 14 de dezembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos”, disse, ainda não divulgando quem será sua adversária.

Viera esteve em Manaus para participar de uma ação de marketing da Transire Eletrônicos.

Ketlen Vieira detêm um respeitável cartel no UFC com dez vitórias e nenhuma derrota (Foto: Natasha Pinto/Divulgação)

Após se recuperar de uma lesão no ligamento e menisco do joelho direito, a faixa preta de jiu-jítsu e de judô, está retomando aos treinamentos de grande intensidade, na academia Nova União, no Rio de Janeiro, onde mora há três anos e contou que sua volta ‘demorou’ um pouco mais, por conta do ótimo momento.

“A minha recuperação demorou um pouquinho mais, por termos decidido que era muito melhor eu voltar 100%. Eu sempre tento tirar proveito de todas as situações. Como eu não podia treinar o meu forte, que são as quedas, eu treinei bastante o jiu-jítsu, que é mais no chão e não tem tanto entorse no joelho”, assinalou.

Não sendo diferente de outros atletas, o tempo longe dos octógonos deixou Viera abalada. A manauara revelou que durante o período de inatividade trabalhou bastante o lado psicológico, como viu, também, a sua evolução como atleta profissional de MMA.

“Quando eu estava no meu resguardo total, eu assistia as pessoas treinando e aquilo me partia coração. Eu ficava realmente com vontade de chorar. Isso me fez evoluir. Passei a valorizar mais cada treinamento e como eu lidava com a minha carreira”, explicou.

Foco no cinturão

O apelido de ‘Fenômeno’ não é à toa. Ketlen Vieira detêm um respeitável cartel no Ultimate com dez vitórias e nenhuma derrota. São exatos cinco anos de profissionalismo sem nunca ter sentido o ‘gostinho amargo da derrota’.
Mesmo com o retrospecto a seu favor, Ketlen não sente o ‘peso do sucesso’ e não vê a hora de lutar o UFC 245.

“Eu tenho certeza que cheguei neste número, por eu não me pressionar. Eu não coloco esta marca como uma pressão. Eu coloco como meta vencer cada luta, porque eu sonho em ter o cinturão”, disse a Fenômeno ao deixar claro que já sentiu o gosto amargo. “Eu posso não ter perdido no MMA, mas já perdi no judô e no jiu-jítsu. Uma derrota é uma derrota em qualquer esporte. Eu sei que um dia a derrota chega para todo mundo, mas eu confio na minha equipe. Nos meus treinadores e se um dia chegar para mim, eu vou levantar o mais rápido possível”, completou.

Anúncio