Liverpool garante o título de campeão do Mundial de Clubes da Fifa

Time inglês superou o rubro-negro carioca em partida disputada neste sábado (21)

Doha – Depois de 38 anos, Flamengo e Liverpool voltaram a se enfrentar numa partida pela final do Mundial de Clubes da Fifa. Dessa vez, o time carioca não levou a melhor e foi superado pelo Liverpool, que garantiu a vitória no primeiro tempo da prorrogação. O jogo foi realizado na tarde deste sábado (21), no Estádio Khalifa International, em Doha, no Catar.

(Foto: Mustafa ABUMUNES/AFP)

Em Manaus, torcedores se concentraram em diferentes pontos. Uma das maiores concentrações aconteceu no Copacabana Choperia, na zona oeste de Manaus, que contou com a presença de uma das torcidas organizadas do Flamengo.

A partida

No primeiro tempo, a partida terminou empatada em zero a zero, com pressão do time inglês no início, mas domínio de bola do Flamengo nos minutos que se seguiram. Os rubro-negros tiveram várias chances de marcar, mas o jogo permaneceu disputado lance a lance, mesmo sem a rede balançar.

O segundo tempo começou com outra grande jogada do Liverpool, que por pouco não abriu o placar no estádio Khalifa. Henderson domina na intermediária e lança para Firmino na entrada da área. Ele espera o quique da bola, tira de Rodrigo Caio com com um toque e chuta de canhota. A bola bateu na parte interna da trave, cruzou de volta a pequena área e saiu pela linha de fundo.

O Liverpool cresceu na segunda metade da etapa final e criou boas oportunidades. Diego Alves, que até então tinha tido menos trabalho que Alisson, precisou se esforçar. Jorge Jesus mexeu na equipe. O primeiro a sair foi Arrascaeta para a entrada de Vitinho, aos 31. Cinco minutos depois, Diego substituiu Everton Ribeiro.

O time brasileiro, entrou em campo com todos os titulares escalados pelo técnico Português Jorge Jesus: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí, Filipe Luís, William Arão, Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

Já o time europeu, campeão da Champions League, iniciou a partida com Alisson, Andrew Robertson, Joseph Gomez,Virgil Van Dijk, Alexander Arnold, Oxlade-Chamberlain, Jordan Henderson, Naby Keita, Sadio Mane, Roberto Firmino e Mohamed Salah.

Prorrogação

O jogo foi para a prorrogação e o ritmo diminuiu. O Liverpool passou a retardar o jogo e escapar somente na boa. O Flamengo, por sua vez, mostrava mais cansaço. Gabigol sentiu cãibras e Bruno Henrique colocou a mão no posterior da coxa.

Aos oito, o Flamengo fez boa jogada pela esquerda e Felipe Luis cruzou no segundo pau. Gabigol cabeceou para trás para ninguém e acionou o contra ataque inglês. Mané foi lançado e avançou para a área. Rafinha chegou na marcação e o senegalês virou para o meio para a chegada de Firmino. O atacante brasileiro tirou Rodrigo Caio e Diego Alves da jogada e chutou mandou para o fundo da rede.

Ainda no final da partida, aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação, o empate esteve ao alcance nos pés do jovem Lincoln. Vitinho dominou na direita e cruzou rasteiro. Lincoln, um pouco além da bola, tentou a conclusão mas não pegou bem e mandou para fora.

Sem comemoração

Após o término da partida, a tristeza tomou conta dos flamenguistas que planejavam diversas comemorações na capital amazonense. “Infelizmente a tão sonhada vitória não veio. Mas isso não apaga o brilho e o ano espetacular que tivemos como flamenguistas. Foi um ano de muitas conquistas. O futebol é isso. Agora é seguir em frente acreditando em novas conquistas na próxima temporada”, ressaltou Júnior Oliveira, 26, torcedor flamenguista manauara.

Anúncio