Lutador representa Amazonas em evento internacional de MMA

Lucas Batista é natural de Tefé, mora há 18 anos em Manaus e treina as artes marciais há quase dez anos

Manaus – O lutador de MMA Lucas Batista, 25, faixa preta de jiu-jitsu será o representante do Amazonas no Fighting Alliance Championship (FAC-MMA) evento internacional que acontece no dia 20 de maio, nos Estados Unidos. Lucas é natural de Tefé mas reside há 18 anos em Manaus e entrou há quase 10 anos nas artes marciais.

“Meu primeiro contato com a luta foi no jiu-jitsu aos 13 anos de idade, hoje sou faixa preta da academia Alessandro Lima, quando decidi migrar para o MuayThai para minha primeira luta. Depois disso, em conversa com os meus treinadores, eles chegaram comigo e falaram que eu tinha muito potencial para lutar MMA. Decidimos fazer a minha estreia lutando meu primeiro evento, o Octagon Fight onde sai com a minha primeira vitória profissional dentro MMA.”

Após a vitória, Lucas recebeu uma proposta de Lutar em solo europeu, na Alemanha, onde teve a sua primeira vitória Internacional.

“Essa foi a minha primeira vitória internacional e a segunda vitória profissional de MMA. Retornando para o Amazonas continuamos lutando onde fui me consagrando indo atrás das outras lutas e logo já estava me tornando os top da categoria até 77kg.”

Lucas revela que teve dificuldades de encontrar adversário no Estado foi quando recebeu a proposta de lutar em um evento nacional.

“Pintou uma oportunidade de lutar no evento Brazilian Fight, no Rio de Janeiro, contra um adversário mais experiente que tinha em seu cartel, seis lutas e nenhuma derrota.Lutei e consegui sair com a vitória, mas recebi uma lesão no olho esquerdo onde fiquei com uma hemorragia interna. Tive que fazer a recuperação de 3 meses.”

Lucas conta que mesmo com a lesão e o retorno para Manaus, ele conseguiu uma oportunidade de participar do evento internacional.

“Pintou essa oportunidade de estar nesse evento americano, onde o promotor do evento me ligou, falou com meu treinador, disse que ia abrir essa carta para gente”

O empresário e dono do Ultimate Fight Champions, Dana White, também deve acompanhar o evento. “Com certeza vamos chegar bem preparados para aproveitar essa oportunidade e visando o UFC, como o sonho de qualquer lutador” disse o lutador.

Anúncio