Amazonense fatura prata nos 200m medley nos EUA

João Pedro Afonso, 12, aproveitou a primeira chance na Seleção Brasileira de Natação e na estreia em uma competição no exterior, pela Copa Uana, em Coral Springs, foi vice-campeão

Manaus – Participando pela primeira vez da Seleção Brasileira de Natação, o amazonense João Pedro Afonso, 12, que está em Coral Springs disputando a Copa Uana de Natação, já conseguiu a medalha de prata na prova de 200 metros medley, na última sexta-feira (19), e o quarto lugar nos 400 metros livre pela categoria Petiz 2. Ele é o único atleta da Região Norte presente na Seleção.

Na prova dos 200 medley, João Pedro foi decidido na chegada. O amazonense foi para a prova com o quinto melhor tempo e conseguiu a medalha de prata ao cravar 2min29s, abaixando cinco segundos da sua melhor marca e somente a 26 centésimos de segundos do 1º colocado.

João Pedro disputará os 200m livre e 100m borboleta neste final de semana (Foto: Arquivo Pessoal)

Apesar de ter sentido a mudança de clima, com o frio em Coral Springs, João Pedro não se importou por estar realizando um sonho de representar o País e conhecer os Estados Unidos. “Estou me acostumando com o clima, aqui é bem mais frio. A pressão de estar representando o Brasil está presente, mas estou dando o meu melhor, treinei para isso e o resultado veio”, comemorou.

Ele revelou ter sido muito bem recebido pelos outros atletas da Seleção Brasileira e que a troca de experiência faz diferença nesse momento. “O pessoal me recebeu muito bem. Com certeza, uma hora eu pensei que talvez não fosse me entrosar por ser da Região Norte, mas tudo ocorreu bem, não teve esse ‘preconceito’”, afirmou.

Com a prova dos 200m medley e 400m livre, João já teve um primeiro contato com atletas de outras seleções, como do Uruguai, Argentina e México, e disse que pode identificar alguns adversários para as próximas provas. “Eles são muito bons, ótimos na realidade. Mas acredito poder voltar com mais medalhas para casa e isso não me intimidou, me fez ficar com mais vontade de nadar contra eles e vencer”, disse.

Para o pai de João, o motorista Josimar Afonso, compensou ter organizado feijoadas, vaquinha na internet e empréstimos para arrecadar dinheiro para levar seu filho para os Estados Unidos. “Acredito que com esse resultado ele vá conseguir patrocinadores, mas faria tudo novamente”, disse.

Neste sábado (20), João Pedro disputará a prova dos 200m livre e, no domingo (21), os 100m borboleta.

Anúncio