Manaus FC enfrenta Ferroviário-CE em jogo com cara de decisão na Série C

Vice-líder do Grupo A, com 25 pontos, o Gavião Real se garante no quadrangular do acesso em caso de vitória sobre o time cearense

Manaus – “É praticamente uma final pra nós”. A frase do técnico Evaristo Piza mostra o tamanho da importância da partida de hoje (19), onde o Manaus FC encara o Ferroviário-CE, às 15h (de Manaus), no estádio Ismael Benigno, A Colina. Vice-líder do Grupo A, com 25 pontos, o Gavião Real se garante no quadrangular do acesso em caso de vitória sobre o time cearense.

Vindo de goleada sobre o Paysandu por 5 a 1 na última rodada, o “Ferrim” vem embalado tentando entrar no G4 da competição. Atualmente, o time do goleiro Jonathan, ex-Manaus, tem 23 pontos e ocupa a quinta colocação na chave. O que deixa o duelo deste domingo ainda mais acirrado.

“Mais um jogo difícil, não está tendo jogo fácil, todos os jogos desse grupo estão sendo acirrados, com muitos empates. Agora com a estreia do Anderson Batatais (novo treinador do Ferroviário-CE) ele deu uma resposta muito positiva, fez um placar expressivo diante do vice-líder, o Paysandu, e isso dá confiança ao Ferroviário.”, avaliou Piza, deixando claro que montou bem sua equipe para o confronto.

“Nós estamos sabendo o que vamos enfrentar. A gente joga por uma vitória pra consolidar o nosso primeiro objetivo que é a classificação. Estamos trabalhando pra isso, estamos passando todas as informações possíveis aos atletas e sobre o adversário”, comentou.

Espírito de decisão

Enquanto o Ferroviário-CE vem de grande resultado em casa, o Manaus FC deixou a desejar no empate com o Botafogo-PB atuando na Colina. Apesar de se manter na ponta da chave, o comandante do Gavião Real achou que faltou “espírito de decisão” a sua equipe na última rodada e vai cobrar uma resposta contra o Ferrim.

“Achei que, contra o Botafogo, faltou espírito de decisão. Eles (jogadores) sabem disso e entenderam isso também, e tenho certeza que a resposta vai ser grande nesse domingo pra gente conseguir esse objetivo”, enfatizou.

Em um grupo equilibrado, onde a diferença entre o líder Paysandu – que venceu o Altos-PI, neste sábado (18), fora de casa – e o quinto colocado Volta Redonda-RJ é de apenas quatro pontos, vencer um adversário direto é de vital importância. Piza enfatizou isso ao seu grupo e deixou claro que o jogo de hoje é uma decisão.

“É praticamente uma final pra nós. Se você consegue o objetivo, é praticamente a classificação… e é aquele velho ditado: final não se joga, se ganha. E como se ganha? Com equilíbrio, com imposição, sendo o mandante do jogo. Vislumbrando a vitória, e nos dando a classificação, estar taticamente concentrado, não dar as costas para a bola. Só assim vamos conseguir”, concluiu.

Anúncio