Manaus FC vacila no fim e fica no empate com Paysandu pela Série C do Brasileiro

Com o resultado, o Manaus continua na sétima colocação, com 11 pontos e está a apenas dois da zona de rebaixamento

Manaus – Com gols na parte final do jogo, Manaus FC e Paysandu ficaram no empate em 1 a 1, na tarde deste domingo (25), na Arena da Amazônia. O Gavião Real vencia o duelo com o Papão da Curuzu até os 49 minutos do segundo tempo, quando sofreu o empate do time paraense.

O Manaus abriu o placar com belo gol de João Diogo, mas Rildo, no apagar das luzes, empatou para o Paysandu. Com o resultado, o Manaus continua na sétima colocação, com 11 pontos e está a apenas dois da zona de rebaixamento. Já o Paysandu chegou aos 13 pontos e está a apenas um de voltar ao G4 da competição.

Na próxima rodada, a primeira do returno, o Gavião Real visita o Santa Cruz-PE, no domingo (1°), em jogo marcado para o Mundão do Arruda. O Papão, por sua vez, recebe o Tombense-MG, no sábado (31), no estádio da Curuzu, em Belém.

Veja fotos:

Jogo morno

Assim que o jogo começou o Manaus tentou marcar saída de bola do Paysandu, o time paraense soube se segurar e começou a sair pro ataque. As investidas do Papão se seguiram pelo lado direito, com o lateral Marcelo alçando bolas na área do Gavião. Todas cortadas Marcão e Thiago Spice.

Aos 10minutos, Philip é lançado às costas da zaga do Paysandu, ganha na velocidade de Diego Matos, mas acaba se enrolando na hora de finalizar e perde boa chance para o Manaus.

Aos 20, Diego Matos salva o Papão. Rafhael Lucas escapa pela esquerda em velocidade e ajeita para a chegada de Anderson Paraíba, mas a bola pega efeito e vai na direção do gol de Victor Souza. Antes da chegada de Philip, Diego Matos afastou o que seria o gol do Manaus.

Depois do susto, o Papão resolve assustar o Gavião Real. Aos 32 minutos, Luan Santos faz grande jogada individual, passa por dois, mas finaliza nas mãos do goleiro Renan Rocha, que não dá rebote.

Final de primeiro tempo chegando e o Papão pressiona o Gavião, que se retrai e arma o contra golpe. E foi o que aconteceu aos 44 minutos, quando a bola sobra para Vinicius Barba, que arrisca de longe, a bola desvia em Paulinho e quase vai na meta de Victor Souza.

Segundo tempo quente

Na volta do intervalo, o Gavião decidiu vir com tudo pra cima do Papão, logo aos 3 minutos, teve boa chance de gol. Philip desce pela direita do ataque e rola para Rafhael Lucas girar a bater, mas o goleiro do Paysandu defendeu com tranquilidade.

O Gavião segue melhor em campo e aos 13 minutos, foi a vez de Edvan perder oportunidade de marcar. O lateral direito do Manaus furou na hora de arrematar ao gol do Paysandu.

Mas o Papão não tava morto, não! Aos 17, Marlon recebe livre no meio e lança na medida para Danrlei. O camisa 71 do Paysandu ajeitou e fuzilou, mas Renan Rocha defendeu e ainda contou com ajuda da trave na sequência do lance.

Quando o Paysandu levava mais perigo, foi o Manaus quem abriu o placar, aos 36 minutos. Bate rebate na defesa do Papão e a bola sobrou para Douglas Lima, que cruza na medida para João Diogo tocar de letra. Golaço do camisa 96 na Arena. Gavião 1 x 0 Papão.

Depois de tomar o gol, o Papão se lançou pro ataque com tudo. O Manaus se defendia de todas as formas e ainda tinha o contragolpe para matar o jogo, mas foi o Paysandu que foi premiado. Aos 50 minutos, bola na área do Gavião e o goleiro Renan Rocha saiu catando borboleta. Rildo, que estreava no Papão, subiu mais alto e desviou pro gol. Gilson Alves ainda tentou tirar, mas só terminou de empurrar pras redes.

Foi o último lance do jogo. Final 1 a 1 e o Manaus segue mais perto do Z2 do que do G4.

Anúncio