Manaus FC vence Fast por 3 a 0 e retoma liderança do Barezão

Os gols foram marcados por Rodrigo Fumaça, Janeudo e Rennan

Manaus – O Manaus FC venceu o Fast Clube, por 3 a 0, na noite desta quinta-feira (12), no Estágio Ismael Benigno, a Colina, zona oeste de Manaus, em partida pelo returno do Campeonato Amazonense. Os gols foram marcados por Rodrigo Fumaça, Janeudo e Rennan.

Com o resultado, o Gavião do Norte assume a liderança com seis pontos, a mesma quantidade de pontos que o Penarol, que fica na segunda colocação pelos saldo de gols. Em terceiro lugar o Amazonas FC com quatro pontos e fechando a zona de classificação, o Princesa do Solimões, com três pontos.

Em quinto lugar está o Nacional com os mesmos três pontos, ficando atrás pelo critério de desempate. Em sexto, o Fast Clube com apenas um pontos e, na zona da degola, Iranduba e São Raimundo, na sétima e oitava posição, respectivamente.

O Gavião do Norte assume a liderança com seis pontos (Foto: Yago Frota/GDC)

O jogo

Logo no início da partida, o Fast Clube assustou com uma ótima finalização. Depois, as duas equipes ficaram se estudando no meio de campo, até que aos 10 minutos de partida, o Manaus FC conseguiu responder a pressão inicial. Em cobrança de falta, deu um susto no goleiro tricolor.

Logo em seguida Rato respondeu pelo tricolor. Em um contra-ataque rápido do Rolo Compressor, Júnior Rato disparou e chutou. Ao invadir a área, a bola explodiu na trave e voltou para o jogador, que foi derrubado pelo zagueiro Spice. O árbitro Carlos Frutuoso marcou a falta aos 13 minutos. Na sequência do lance, Marco Goiano cobrou falta e a bola saiu tirando tinta da trave.

Aos 21 minutos o Gavião do Norte teve uma ótima oportunidade. Rennan cruzou da esquerda e Mateus Oliveira completou de cabeça, mas a bola saiu do lado direito do goleiro Rangel. O esmeraldino começa a gostar mais da partida e perde outra grande chance, em uma cobrança de falta rápida.

Na sequência, o Fast conseguiu dominar o meio de campo e ficou com maior posse de bola. O tricolor começou a pressionar o Manaus que ficou em seu campo defensivo. Resultado disso foi a jogada de Marco Goiano, que tocou para Raylson e deixou o zagueiro Spice a ver navios.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Manaus FC voltou com todo o gás e, aos dois minutos do segundo tempo, pelo lado esquerdo, Rodrigo Fumaça tocou para Mateus Oliveira dentro da área, que livre de marcação, só tirou do goleiro e fez o primeiro gol da partida.

O Fast mostrou que não sentiu o baque do gol, tanto que aos cinco minutos, em cobrança de falta, Juninho Caliari soltou uma bomba e Jonathan nem tentou segurar a bola venenosa do tricolor, espalmando para escanteio.

Aos 21 minutos do segundo tempo, o Manaus ampliou a vantagem. Igor cobrou escanteio do lado direito e Janeudo apareceu para, de cabeça,  fazer 2 a 0.

O Fast bem que tentou fazer um algo a mais, mas a pontaria do tricolor ficou no vestiário após o intervalo e, mais uma vez, em um contra-ataque fulminante do esmeraldino, veio o terceiro gol da partida. Aos 30 minutos do segundo tempo, Gabriel Davis tocou para Rennan, que passou a bola para o Mateus Oliveira. O centroavante fez o pivô na área e devolveu de letra para Rennan, quando fez tirar do goleiro e marcar o seu primeiro gol com a camisa do Manaus.

Com os gols, o Rolo Compressor perdeu a força e, apesar de ficar a maior parte do tempo com a bola, não conseguiu se infiltrar na forte defesa do esmeraldino nos minutos finais da partida.

Anúncio