Manaus massacra o Novorizontino-SP e começa ‘voando’ na luta pelo acesso para a Série B

O calor de rachar na Colina não foi empecilho para os times em campo, e o jogo começou quente

Manaus – Em tarde de calor e belos gols, o Manaus FC massacrou o Novorizontino-SP por 5 a 0, na tarde deste domingo (3), no Estádio da Colina. Com a goleada, o Gavião Real deu o “primeiro voo” em direção ao acesso à segunda divisão do futebol brasileiro.

Foto: João Normando/FAF

Com gols de Gabriel Davis, Rafhael Lucas, Douglas Lima (duas vezes), e Guilherme Pira,o Manaus iniciou de forma avassaladora a disputa do quadrangular do acesso à Serie B. Com mudanças no time titular promovidas pelo técnico Evaristo Piza, o Gavião voou pra cima do Tigrão em tarde de show de bola na Colina.

Com o resultado, o Manaus assume a liderança do Grupo D, ao lado do Tombense-MG, com três pontos, mas com saldo de gols melhor. Na próxima rodada, o Gavião Real visita o próprio Tombense-MG, no choque de líderes da chave. O duelo com os mineiros acontece no sábado (9), em Tombos (MG).

Voa Gavião

O calor de rachar na Colina não foi empecilho para os times em campo, e o jogo começou quente.

Aos 4 minutos, Luis Fernando dá o bote errado e Cléo Silva entra livre, na cara do gol, mas Matheus Inácio salva. Na sequência, o Manaus ataca pela direita e Denilson cabeceia por sobre o gol do Novorizontino-SP.

Aos 9 minutos, escanteio para os paulistas e Edson Silva cabeceia rente ao poste do Gavião. Aos 25, Gabriel Davis cobra escanteio e Luiz Fernando quase marca em cabeceio para o Manaus.

Aos 37 minutos, Igor joga bola na área e Rafhael Lucas cai ao receber carga de Bruno Aguiar em suas costas. O time todo do Manaus pede pênalti, mas o árbitro nada marca.

Aos 40 minutos, Gabriel Davis recebe bola na medida para finalizar, mas o chute sai fraco, nas mãos do goleiro Giovanni.
Aos 42, resposta do Tigrão. Cléo Silva cai nas costas de Ronaell e chuta, mas Matheus Inácio pega firme e sem rebote.

Aos 46minutos, gol do Manaus. Gabriel Davis recebe pelo meio, ajeita e solta a bomba no ângulo, sem chances para o goleiro Giovanni. Gavião Real vai para p banco com a vitória nas “garras”.

O show continua

O jogo recomeça e o Novorizontino-SP vem com tudo atrás do empate. Logo aos 3 minutos, Matheus Queiroz recebe na área, gira e chuta para boa defesa de Matheus Inácio.

blank

Foto: João Normando/FAF

Mas a resposta do Gavião Real foi certeira. Aos 10minutos, Denilson doma com extrema categoria na área e só rola para a chegada de Rafhael Lucas deslocar o goleiro Giovanni. Belo gol e 2 a 0 para o Manaus.

O jogo do Manaus encaixa e o time flutua sobre o Tigrão. Aos 19 minutos, Gilson cruza pela direita e Gabriel Davis emenda uma bicicleta, que passa muito perto do gol do Novorizontino-SP. Aos 22, foi a vez de Denilson quase fazer o terceiro. O camisa 28 recebeu e bateu forte, mas Giovanni fez grande defesa.

Aos 30 minutos, o Tigrão voltou ao ataque. Cléo Silva faz um estrago na zaga do Manaus e chuta, mas Matheus Inácio salva. Dois minutos depois, o mesmo Cléo Silva invade a área pela direita e fuzila a queima roupa para novo milagre de Mathes Inácio.

Como quem não faz leva, o Manaus foi lá e fez. Aos 32 minutos, contra golpe fatal do Gavião e Denilson toca para Douglas Lima bater com nojo na bola e fazer 3 a 0. Mas não parou aí. Aos 36, Gilherme Pira cai pela esquerda do ataque e chuta forte. O goleiro Giovanni dá rebote e Douglas Lima, de novo, só empurra pro gol. Virou goleada.

Aos 42 minutos, mais um para o Gavião. Guilherme Pira recebe e não perdoa, marcando o quinto e último gol do Manaus na partida. Depois disso foi só esperar o tempo passar e comemorar o primeiro triunfo da equipe após três jogos.

Anúncio