Na volta de sua torcida, Manaus FC fica no empate com Ypiranga-RS pela Série C do Brasileiro

Com o resultado, o time amazonense ‘dorme’ na liderança do quadrangular do acesso da Série C

Em tarde nublada na Arena da Amazônia, nem o calor da torcida do Gavião foi suficiente para fazer o Manaus FC vencer o Ypiranga-RS, neste domingo (17), em partida que terminou empatada em 1 a 1. Com o resultado, o time amazonense ‘dorme’ na liderança do quadrangular do acesso da Série C, com 5 pontos, mas pode ser superado nesta segunda-feira (18), quando Tombense-MG, com 4, e Novorizontino-SP, com 3, se enfrentam, em Minas Gerais.

Foto: Denir Simplício

Com gols de Quirino, que abriu o placar para o Ypiranga-RS no início do jogo, e Gabriel Davis, para o Manaus FC, o Gavião Real perdeu grande oportunidade de abrir vantagem na luta pelo acesso à Segunda Divisão nacional. Na próxima rodada, Manaus FC e Ypiranga-RS voltam a se enfrentar, mas dessa vez no Colosso da Lagoa, no Rio Grande do Sul.

O jogo

A torcida, que fez festa linda no reencontro com o elenco do Manaus FC, mas quem comemorou mesmo foi o time do Ypiranga-RS. Logo aos 2 minutos, falta cobrada por Sodré da intermediária pra área do Gavião, no caminho Quirino desviou pro gol e matou o goleiro Matheus Inácio, que ficou vendido no lance. 1 a 0 Ypiranga-RS.

Aos 8minutos, após confusão na área do time gaúcho, Paraíba cruza para Rafhael Lucas desviar de cabeça, mas o goleiro Deivity pega sem rebote. Aos 17, novamente Paraíba joga bola na área e Gabriel Davis cabeceia, mas a bola vai fraca, nas mãos de Deivity.

Depois de cercar o Canarinho dentro de seu próprio campo de defesa, o Gavião deu o bote aos 19 minutos. Igor cruzou pela direita e dessa vez Gabriel Davis foi preciso no cabeceio estufando as redes do Ypiranga-RS. 1 a 1.

O gol de empate fez a torcida esmeraldina ferver nas arquibancadas da Arena. O time até pressionou, mas não conseguiu a virada.

Na volta do intervalo, o Gavião voltou voando baixo em busca da virada. Logo a um minuto, Ronaell cruzou rasteiro pela esquerda e por muito pouco Guilherme Pira não empurra pras redes do Ypiranga-RS.

Aaos 16 minutos, enfim o Ypiranga-RS resolve aparecer no campo de ataque. Quirino é lançado em velocidade, corta pra dentro e finaliza, mas a bola passa longe da meta de Matheus Inácio.

Sem muita criatividade no ataque, o Manaus FC já não assustava mais o Ypiranga-RS. Com isso, o técnico Evaristo Piza mexeu no time. Entraram Daniel Costa, Diego Rosa e Vitinho. E aos 31 minutos foi Vitinho quem incendiou o jogo. O baixinho foi lançado no ataque e, de cabeça, quase surpreende o goleiro Deivity.

Sem vencer ainda no quadrangular, o Ypiranga-RS se fechou na defesa e dificultou as ações do Manaus FC. A arbitragem deu oito minutos de acréscimos, mas o placar não foi mais alterado.

De acordo com a diretoria do Manaus FC, 12.897 pagantes estiveram na Arena, para uma renda de R$ 644.850. Agora, o que resta ao Gavião Real é ir na casa do Canarinho e tentar a vitória na casa do adversário. O duelo entre Ypiranga-RS e Manaus FC acontece no próximo domingo (24), às 17h (horário de Manaus).

Anúncio