Nacional disputará Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020

O Nacional faz parte do grupo 6, juntamente com as equipes Velo Clube (SP), Paraná (PR) e RB Brasil (SP)

Manaus – Com vaga para disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020, a equipe do Nacional Futebol Clube  será composta por 25 integrantes, entre eles, 20 atletas e cinco membros da comissão técnica. O time conta com apoio do Governo do Amazonas para participar da competição.

Com início no dia 2 de janeiro e término no dia 25 do mesmo mês (ocasião em que é comemorado o aniversário da cidade de São Paulo), a Copinha, como é mais conhecida a principal competição de base do país, será disputada por 128 times, divididos em 32 grupos. Representante do Amazonas, o Nacional faz parte do grupo 6, juntamente com as equipes Velo Clube (SP), Paraná (PR) e RB Brasil (SP).

Delegação será formada por 20 atletas e cinco membros da comissão técnica (Foto: Divulgação)

O Nacional chega em solo paulista na próxima quarta-feira (1º) e fará sua estreia na sexta-feira (3), às 19h15 (horário de Brasília), contra o Paraná, no estádio Benito Agnello Castelani, em Rio Claro (SP). O segundo desafio do Leão da Vila Municipal será no dia 6 de janeiro, às 17h (horário de Brasília), contra o Velo Clube. Já no dia 9 de janeiro, o Nacional jogará contra o RD Brasil, às 17h, finalizando a 1ª fase.

De acordo com o técnico da equipe, José Ribamar, os treinos para a competição tiveram início em setembro e desde lá a equipe segue firme em busca de um resultado positivo na competição. “Os atletas que irão participar da Copinha já foram definidos e na tarde desta sexta-feira (27) faremos a divulgação da lista de convocados, após o treino, no CT do Nacional. Além do trabalho específico, que nestes últimos três dias estão apenas em fase de ajustes, também participamos do Amazonense Sub-21, que serviu como uma preparação complementar para a competição”, avaliou.

Classificação

Para ter o direito de participar da Copinha, o Nacional chegou até às semifinais do Campeonato Amazonense Sub-19, ocasião em que garantiu uma vaga na final, ao derrotar a equipe do E.C. Tarumã por 4 a 3, no estádio Ismael Benigno (Colina), em julho deste ano. Mas a partida final não chegou a ser realizada, por conta de uma decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJDAM), datada do dia 11 de setembro de 2019 e lançada por meio de Nota Oficial no site da Federação Amazonense de Futebol (FAF), que decidiu considerar a equipe nacionalina como única finalista e, portanto, campeã da competição, tendo em vista a desclassificação, por decisão judicial, do time adversário do Nacional, na final.