Partida da Copa dos Rios termina em briga generalizada na Colina; veja vídeos

O duelo em questão reunia as seleções de Caapiranga e Canutama, que jogavam por uma vaga na decisão do torneio intermunicipal

Manaus – O que seria uma partida de futebol terminou em confusão e pancadaria generalizada na tarde desta terça-feira (23), no Estádio da Colina, na zona oeste de Manaus. O jogo válido pela semifinal da Copa dos Rios entre times do interior do Estado foi encerrado após torcedores e dirigentes invadirem o gramado e agredirem equipe de arbitragem e funcionários da Federação Amazonense de Futebol (FAF), organizadora do torneio.

Fotos: João Normando/FAF

O duelo em questão reunia as seleções de Caapiranga e Canutama, que jogavam por uma vaga na decisão do torneio intermunicipal. De acordo com funcionários da FAF, a confusão teve início quando torcedores, dirigentes e atletas da seleção de Caapiranga invadiram o gramado e agrediram equipe de arbitragem e os organizadores da competição.

A confusão foi toda registrada por imagens de celular. Indignados com a validação de um gol do adversário – que na opinião dos agressores estava em impedimento -, atletas da equipe de Caapiranga xingam os organizadores do torneio. O clima foi ficando ainda mais tenso e acabou em agressão física ao árbitro da partida, o senhor Rafael Ramos Tourinho.

Sem policiamento no estádio, os torcedores tiveram livre acesso ao gramado e a confusão só aumentou. Em certo momento, o árbitro Rafael Ramos Tourinho foi cercado e quase linchado pelos invasores. Além de Tourinho, o quarto árbitro Halbert Luis Moraes foi bastante agredido. A coisa só não terminou em tragédia porque Halbert conseguiu correr para a arquibancada e fugir dos agressores.

Além de Tourinho e Halbert, o diretor de futebol do Interior da FAF, Lázaro D’Ângelo foi agredido e recebeu um soco de um dos torcedores que invadiu o campo. Nas imagens também é possível ver os bandeirinhas Anne Kesy Gomes de Sá e Hugo Chaves da Paixão acuados e tendo de fugir dos agressores.

Vídeos

Nota de repúdio

Em nota, a FAF repudiou o que classificou de “lamentável incidente” ocorrido na Colina. A entidade também anunciou que cancelou a disputa do terceiro lugar da Copa dos Rios, que seria disputada entre São Sebastião do Uatumã e Caapiranga. Mas manteve a final do torneio, marcada para esta quarta-feira (24), também na Colina, entre Uarini e Canutama.

Confira nota da FAF na íntegra:

A Federação Amazonense de Futebol (FAF) vem a público repudiar veementemente o lamentável incidente ocorrido no estádio Ismael Benigno na tarde desta terça-feira (23), durante e após a partida entre Caapiranga e Canutama, pela semifinal da Copa dos Rios 2021, onde organizadores da competição, equipe de arbitragem e funcionários da entidade foram covardemente agredidos.

Segundo apurado, relatado e observado em imagens, o tumulto foi provocado por autoridades, torcedores e alguns jogadores da seleção de Caapiranga. Atitudes como essa nunca serão toleradas e aceitas, partindo de quem se julga gestor desportivo, devendo merecer as sanções devidas, as quais serão apreciadas pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM) e autoridade policiais.

Em razão disso, fica cancelada a disputa de 3° lugar da Copa dos Rios 2021, que seria entre as equipes de São Sebastião do Uatumã e Caapiranga, mantida apenas a decisão do título entre Uarini e Canutama, que será realizada nesta quarta-feira (24), às 15h30, no estádio Ismael Benigno.

Anúncio