Pelé faz apelo a Vladimir Putin e pede fim da invasão da Ucrânia

Rei relembrou encontro com o presidente russo e disse que ‘não há ideologia que justifique enterrar sonhos de crianças’

São Paulo – Pelé publicou em suas redes sociais uma carta em que faz um apelo a Vladimir Putin, presidente da Rússia, para que o chefe de Estado encerre a guerra contra a Ucrânia, que já soma mais de 4.000 mortos entre vítimas inocentes e soldados de ambas as nações.

O Rei do Futebol lembrou a partida da Ucrânia contra a Escócia, pela repescagem da Copa do Mundo para usar sua voz contra o que chama de um conflito “injustificável”, que não traz nada além de “dor, medo, terror e angústia”. Em campo, a seleção ucraniana venceu os escoceses por 3 a 1 e agora enfrenta o País de Gales no domingo (5).

Aos 81 anos, Pelé lembrou que já testemunhou diversos conflitos ao redor do mundo e que “não podemos regredir a esses tempos”. “Devemos evoluir. A guerra só existe para separar nações, e não há ideologia que justifique os mísseis que agora enterram sonhos de crianças, separam famílias e matam inocentes”, escreveu o ex-jogador.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Pelé (@pele)

Anúncio