Retorno de público aos estádios no Rio de Janeiro ainda está indefinido

Novos encontros devem acontecer para ajustar protocolo de biossegurança frente à covid-19 nos estádios. Encontro realizado nesta terça-feira (8), terminou sem definição

Rio de Janeiro – O retorno do público aos estádios cariocas esteve em pauta, nesta terça-feira (8), na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Participaram do encontro, além de representantes da entidade, a Prefeitura do Rio e os administradores do estádio Maracanã, formados pela dupla Flamengo e Fluminense.

Eles debateram um protocolo de biossegurança para evitar os riscos de contaminação do novo coronavírus (covid-19), quando os portões voltarem a ser abertos às torcidas. A complexidade do tema ainda vai demandar novas rodadas de conversa para ajustes nas medidas contra a doença, com a participação de todos os órgãos envolvidos numa partida de futebol.

 

Por enquanto, não há nenhuma definição quanto a uma data para a volta das torcidas nas arquibancadas. Em nota, a Prefeitura do Rio lembra que todas as medidas previstas no Plano de Retomada do município são previsões. “Apenas previsões vale ressaltar e podem ser alteradas de acordo com o monitoramento das curvas de contágio da covid-19”.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde, foram registradas 53 mortes e 321 novos casos nas últimas 24h no território fluminense.

Anúncio