São Paulo quer vitória contra Grêmio para brigar pelo título

Com dois jogos a menos, Tricolor Paulista busca a vitória para credenciar a equipe à briga pelo 7º título nacional

São Paulo – Invicto no Morumbi e animado com a volta do bom futebol, o São Paulo quer entrar de vez na briga pelo título do Brasileirão. Neste sábado (17), às 20h (de Manaus), a equipe de Fernando Diniz recebe o Grêmio com a missão de ganhar para colar nos três primeiros colocados. Um triunfo deixaria os paulistas a dois pontos da concorrência.

O São Paulo está cinco pontos atrás de Atlético-MG, Internacional e Flamengo. Mas tem dois jogos a menos que gaúchos e cariocas e um dos mineiros. Ganhar nesta noite, portanto, vai credenciar a equipe à briga pelo sétimo título nacional.

Ao menos a confiança do técnico Fernando Diniz está em alta. O treinador ajustou o setor ofensivo com Brenner e Luciano, municiados por Gabriel Sara e Daniel Alves e o São Paulo vem colhendo frutos.

Time está com setor ofensivo arrumado (Foto: Twitter São Paulo / Divulgação)

São 11 jogos seguidos com o ataque funcionando. Foram 21 gols na série. A última vez que o São Paulo não marcou foi diante do Atlético-MG, jogo no qual Luciano teve um gol mal anulado. A CBF reconheceu nesta semana o erro do VAR no lance.

Para o confronto com o Grêmio, Fernando Diniz não terá o lateral-direito Igor Vinícius, que sentiu uma lesão muscular. Tchê Tchê deve entrar na equipe e revezar no setor com Daniel Alves. Diniz não quer mexer no seu quarteto ofensivo e estuda manter o veterano no meio.

Será o oitavo jogo como mandante do São Paulo no Brasileirão. Nos sete anteriores, cinco vitórias e dois empates, com ótimo aproveitamento de 80,1%.
Do outro lado, os gaúchos querem tirar vantagem do futebol ofensivo dos comandados de Fernando Diniz. Após estudar bastante o rival desta noite, foi identificado que os paulistas ficam muito expostos por se lançarem à frente com tudo. Esse ponto fraco encontrado pela comissão técnica do Grêmio acabou revelado, sem querer, pelo lateral-direito Victor Ferraz.

De certo é a ausência de Diego Souza no ataque. O centroavante foi expulso diante do Botafogo. Isaque e Luiz Fernando disputam a vaga. Na defesa, depois de cinco jogos, a dupla titular entre Pedro Geromel e Kannemann estará junta novamente.

Anúncio