São Paulo vence Goiás de virada e encosta nos líderes do Brasileirão

Com resultado, Tricolor chegou a 33 pontos, dois a menos que Flamengo e Internacional, que ainda entram em campo nesta rodada

Rio de Janeiro – Mesmo tomando um susto no primeiro tempo, o São Paulo venceu o Goiás de virada por 2 a 1, no Morumbi e mostrou que está firme na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor chegou a 33 pontos, dois a menos que Flamengo e Internacional, que ainda entram em campo nesta rodada, mas que têm dois jogos a mais que a equipe paulista. O Goiás segue na lanterna da competição, com apenas 12 pontos conquistados em 18 partidas.

O São Paulo começou o jogo pressionando o Goiás e só não abriu o placar no início do confronto porque o goleiro Tadeu estava em noite inspirada. Logo aos 7 minutos, Igor Gomes chutou de longe, obrigando o arqueiro alviverde a fazer bela defesa e colocar para escanteio. Na cobrança, Luciano quase marcou, mas finalizou para fora. Dez minutos depois, o atacante deu passe açucarado para Juanfran que tentou o cruzamento, mas Tadeu, com os pés, salvou o gol do time da casa.

No primeiro ataque organizado do Goiás, veio o gol. Vinícius e Fernandão tabelaram, Tiago Volpi e Bruno Alves se atrapalharam e a bola sobrou para o próprio Fernandão, que marcou o primeiro da partida.  Não demorou muito e o São Paulo conseguiu o empate. Juanfran cruzou para Brenner cabecear. Tadeu fez a defesa e ficou a dúvida se a bola teria ultrapassado a linha do gol. A arbitragem, com o auxílio do VAR, entendeu que sim e validou. Tudo igual no Morumbi: 1 a 1.

Após igualar o placar, o Tricolor paulista continuou melhor e encurralou o Goiás em seu campo de defesa. A virada só não ocorreu no primeiro tempo porque Tadeu, novamente, impediu. Aos 36 minutos, Brenner arriscou uma bomba de perna esquerda e o goleiro fez uma grande defesa, jogando para escanteio.

Com o resultado, o Tricolor chegou a 33 pontos, dois a menos que Flamengo e Internacional (Foto: São Paulo/Twitter)

segunda etapa começou da mesma forma que a primeira, com o São Paulo parando em Tadeu. Oito minutos de bola rolando, Reinaldo chutou forte, e o goleiro salvou o Esmeraldino. Aos poucos, o Goiás foi encontrando espaços e passou a ameaçar o time da casa.

Aos 17 minutos, Fernandão completou cruzamento de Caju e a bola passou perto da meta Tricolor. Quatro minutos depois, o atacante finalizou novamente de cabeça, obrigando Tiago Volpi a fazer um milagre para evitar o gol. O São Paulo respondeu aos 29 minutos, com Hernanes cobrando falta, mas Tadeu não teve problemas para defender.

A virada tricolor veio aos 33 minutos. Após lançamento do campo de defesa, Heron afastou mal e a bola sobrou para Igor Gomes. Ele matou no peito e chutou de perna direita, no cantinho do goleiro Tadeu, para fazer o segundo. O Goiás chegou a empatar o jogo logo depois, com um gol de Rafael Moura, mas o atacante estava em posição impedido e o árbitro anulou o lance. No fim do jogo, o volante Breno, da equipe goiana, recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Tiago Volpi e foi expulso.

Na próxima rodada, o Goiás recebe o Athletico-PR no sábado (14), às 17h (horário de Brasília), no Estádio da Serrinha, em Goiânia. O São Paulo pega o Fortaleza no mesmo dia, às 19h, no Castelão, na capital cearense.

Anúncio