Seleção Brasileira de Futsal goleia Argentina, por 8 a 2, em Manaus

Duelo ocorreu na noite desta terça-feira (25), na Arena Amadeu Teixeira. Próximos amistosos entre as seleções ocorrem nos dias 29 e 30 deste mês, na cidade de San Juan, na Argentina

Manaus – Em noite inspirada, a Seleção Brasileira de Futsal goleou a atual campeã mundial na categoria, Argentina, por 8 a 2, na noite desta terça-feira (25), na Arena Poliesportiva Amadeu Texeira, zona centro-sul de Manaus. Com dois gols na partida, o ala Falcão fica a um gol da marca histórica de 400 gols pela Seleção Brasileira. Os próximos amistosos entre as seleções ocorrem nos dias 29 e 30 deste mês, na cidade de San Juan, na Argentina.

Com dois gols na partida, o ala Falcão fica a um gol da marca histórica de 400 gols pela Seleção Brasileira. (Foto: Eraldo Lopes/RDC)

No início do primeiro tempo, a Argentina foi quem começou a buscar mais o gol e quase conseguiu com Facundo, que carimbou a trave do goleiro brasileiro Willian.

Mas logo a Seleção Brasileira reagiu e dominou a partida, abrindo o placar com o principal jogador: Falcão. Em uma tabelinha com Marcel, Falcão chutou para dentro do gol, não dando chances de defesa para o goleiro da ‘Celeste’, Juan Cruz.

Mas o maior goleador do futsal brasileiro, não satisfeito, marcou o segundo. Lino roubou a bola no campo de defesa da Argentina e encontrou Falcão livre, que não perdoou a falha da defesa e ampliou o placar.

A seleção verde e amarela continuou na pressão e desperdiçou várias chances, como a bola do pivô Douglas, que tentou encobrir o goleiro.

O terceiro gol saiu em outra jogada rápida, dessa vez pelo meio. O fixo Marlon partiu para o contra-ataque e tocou para o ala-direito Bruno, que converteu para a Seleção Brasileira.

Atrás do placar, a Argentina voltou no segundo tempo pressionando a equipe brasileira, como no lance em que o argentino Francisco tocou para Julián chutar forte a bola para o gol. Mas em noite inspirada, o goleiro Willian conseguiu fazer a defesa.

O Brasil conseguiu encontrar o ritmo do jogo com a entrada do craque Falcão, que fez a Seleção voltar ao ataque. Reflexo disso, foi o ataque rápido de Marcel que, em um passe milimétrico, tocou para Rodrigo fazer o quarto gol da partida.

Agora superior no jogo, a Seleção Brasileira continuou atacando a ‘Celeste’. Pressão que resultou em duas bolas na trave do fixo Rodrigo.

O quinto gol veio logo em seguida, com um contra-ataque puxado pelo próprio Rodrigo, que encontrou no meio campo Felipe Valério, que chutou com força no canto direito do goleiro argentino.

A torcida ainda comemorava o quinto gol e a Seleção Brasileira marcava o sexto. Marcel recebeu na lateral-esquerda e chutou cruzado para dentro do gol: 6 a 0 para o Brasil.

A Argentina tentou pressionar a Seleção verde e amarela, mas abriu brechas para o contra-ataque. Brecha aproveitada por Falcão, que lançou para o fixo Lé, que marcou o sétimo.

A Argentina conseguiu diminuir a vantagem brasileira com o gol de Nicolás, que animou o time que voltou a pressionar a Seleção Brasileira.

Mas a pressão não conseguiu surtir efeito e o Brasil conseguiu marcar o oitavo da partida. Douglas aproveitou a saída do goleiro Gerardo e ampliou a vantagem. Mas a Argentina diminui logo em seguida, novamente com Nicolás, para encerrar a partida.

Anúncio