Treinos de 30 minutos são opção para sair do sedentarismo e driblar a falta de tempo

Segundo o IBGE, seis em cada dez brasileiros não praticam nenhum tipo de atividade física

São Paulo – De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) seis em cada dez brasileiros não praticam nenhum tipo de atividade física, o que representa 100,5 milhões de pessoas sedentárias no País. O principal motivo é a falta de tempo, por conta dos compromissos do dia a dia, como o trabalho, estudos e família. Não é à toa que vem crescendo, nas academias, a procura por treinos que durem apenas 30 minutos.

Treinos de 30 minutos são opção para sair do sedentarismo e driblar a falta de tempo (Foto: Divulgação)

O educador físico e coordenador de uma academia, José Roggero, explica que é grande a procura por esse tipo de treino, principalmente pelos alunos que têm o dia muito corrido, dividido entre o trabalho e as outras atividades. Para esse público, a academia, que funciona no Shopping Ponta Negra, tem adaptado treinos funcionais, combinando modalidades de força e aeróbico, como HIIT (High Intensity Interval Training), Spinning, Corrida, Lutas e Musculação, atuando por grupos musculares.

Ele ressalta que esses treinos de curta duração são voltados, inicialmente, para quem está sedentário. Já para quem busca performance atlética ou até mesmo objetivos estéticos, 30 minutos por dia não é suficiente. “Depois de algum tempo adaptado a essa nova rotina, é necessário ajustar volume e intensidade dos treinos. Os resultados devem ser acompanhados e reavaliados frequentemente por um educador físico”, aponta Roggero.

A recomendação não é apenas do educador físico. A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que a população procure realizar de 150 a 300 minutos de exercícios por semana. “Então, com 30 minutos de atividade física de moderada intensidade, cinco dias da semana, já é possível melhorar o condicionamento físico, disposição, flexibilidade, entre outros benefícios”, ressalta José Roggero.

Vale lembrar que a visita ao médico e a realização de um check-up antes de iniciar qualquer atividade física é fundamental, segundo ele, principalmente para quem está em idade mais avançada, é sedentário há muito tempo ou possui histórico familiar de doenças crônicas.

Anúncio