UFC é vendido por 4 bilhões de dólares para grupo chinês

Dana White ainda segue no comando do UFC e é dono de 1% do evento, e os irmãos Lorenzo e Frank Fertitta agora são sócios minoritários

Rio de Janeiro – Depois do UFC 200, no último sábado (9), o grupo chinês WME-IMG desembolsou 4 bilhões de dólares, mais de 13 bilhões de reais, para comprar o evento de MMA mais prestigiado do planeta. É aguardado o anúncio da venda do UFC para hoje (11).

Segundo informações do KLAS-TV e do The New York Times, Dana White ainda segue no comando do UFC e é dono de 1% do evento, e os irmãos Lorenzo e Frank Fertitta agora são sócios minoritários. Ainda conforme a publicação, Dana falou que ‘o esporte está indo para um novo nível’, e confirmou a venda.  

Há quase dois meses a imprensa especula a venda do UFC, o que chegou a ser negado por Dana que até ameaçou processar jornalistas que divulgassem o que ele classificou de ‘mentiras’. 

As empresas Silver Lake, Kohlberg Kravis Roberts e Michael S. Dell apoiaram a negociação para a venda do UFC ao grupo chinês.